Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Economia
Quarta - 04 de Janeiro de 2012 às 09:00
Por: Renê Dióz

    Imprimir


Cerca de 20 empreiteiras de médio e pequeno porte estão acusando a Secretaria de Estado de Transporte e Pavimentação Urbana (Setpu) de calote nos últimos pagamentos de obras no interior do Estado.

Um representante das empresas, que não quis se identificar por temer represálias por parte do governo, informou ao Olhar Direto que as dívidas podem ultrapassar a cifra de R$ 10 milhões.

Segundo o mesmo representante, há pagamentos atrasados há cerca de 90 dias, referentes a obras realizadas em 2011. São em geral pavimentações de estradas.

Por volta de 20 empresas estariam sendo prejudicadas com problemas para fechar as contas, entre elas as construtoras Brasil, HL, Estalo, LL, Campesato, Azevedo, OK, Marciano, MC, Maná, Campos & Bueno, Mesquita Coelho e Torres.

Segundo o mesmo representante, há pagamentos atrasados há cerca de 90 dias, referentes a obras realizadas em 2011. São em geral pavimentações de estradas.

Presidente do Sindicato da Indústria da Construção Pesada (Sincop), José Alexandre Schutze confirmou que as empresas têm se queixado da falta de pagamento por parte da Setpu. Entretanto, nem todas são sindicalizadas.

O Sincop recebeu queixas de apenas cinco empresas na semana passada, informou Schutze, explicando também que o problema já ocorreu em outros começos de ano devido à falta de abertura do orçamento das secretarias estaduais. “É muito sofrimento”, reclamou.

Assim como a reportagem, Schutze tentou contato com a Setpu para falar sobre o caso, mas foi informado que o titular da pasta, Arnaldo Alves de Souza Neto, só estará disponível a partir de segunda-feira, quando voltar de viagem.

A reportagem também tentou contato telefônico com Paulo Costa, responsável na Setpu para lidar com os pagamentos às empreiteiras, mas ele não atendeu os telefonemas.






Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/63092/visualizar/