Repórter News - reporternews.com.br
Internacional
Domingo - 27 de Novembro de 2011 às 14:07

    Imprimir


O coronel Odumegwu-Ojukwu, líder da guerra separatista de Biafra, no final dos anos 60, morreu aos 78 anos na Grã-Bretanha, informou neste sábado a presidência nigeriana.

Ojukwu, ex-estudante de Oxford, deflagrou em maio de 1967 um conflito separatista quando era governador militar da região sudeste da Nigéria, acusando o governo central, dominado pelos muçulmanos, de marginalizar a comunidade Igbo.

A semente da revolta foi o assassinato, em julho de 1966, do general Thomas Aguiyi-Ironsi, único presidente nigeriano de origem Igbo, terceira etnia do país, com cerca de 40 milhões de membros.

Dois anos e meio depois do início da revolta, que deixou mais de um milhão de mortos, a República de Biafra foi apagada do mapa, em janeiro de 1970.

O presidente nigeriano, Goodluck Jonathan, manifestou neste sábado sua "tristeza pela enorme perda nacional". O comunicado não revela a causa da morte, mas o general Ojukwu sofria de problemas de saúde.





Fonte: AFP

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/67530/visualizar/