Repórter News - reporternews.com.br
Policia MT
Terça - 08 de Novembro de 2011 às 07:11
Por: ADILSON ROSA

    Imprimir


Violência: em apenas sete dias do mês de novembro, já foram registrados dois homicídios em Várzea Grande e três em Cuiab
Violência: em apenas sete dias do mês de novembro, já foram registrados dois homicídios em Várzea Grande e três em Cuiab
O corpo do jovem Gilberto Miranda da Silva, de 28 anos, foi localizado ontem de manhã jogado às margens de um córrego no Jardim Eldorado, em Várzea Grande, próximo da rodovia Mário Andreazza. A vítima foi executada com um tiro no tórax e jogada no local. Moradores que passavam pelo local depararam com o cadáver em decomposição. O crime teria ocorrido há cerca de três dias. Ele estava desaparecido desde sexta-feira, quando saiu de casa e não foi mais visto.

Segundo policiais da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Gilberto saiu da casa da mãe, na sexta-feira à noite, em companhia de dois amigos. Durante a madrugada, os rapazes retornaram à casa da mãe dele levando o celular. Disseram que o jovem estava na residência da esposa, grávida de seis meses.

Na manhã de sábado, a esposa foi até a casa da sogra querendo saber de Gilberto. Para a surpresa dela, Gerson não estava na casa da mãe. A partir daí, a família procurou a polícia e registrou queixa de desaparecimento.

A identificação foi realizada pela mãe, que esteve no local e reconheceu o relógio no braço e também uma tatuagem na perna. O cadáver já estava dentro do rabecão quando a delegada Sílvia Pauluzi pediu para que a mulher fizesse a identificação.

“Já tínhamos a suspeita de que se tratava da mesma pessoa quando a mãe chegou e fez a identificação”, informou a delegada, que esteve no local iniciando as investigações. As suspeitas apontam para um acerto de contas.

Os policiais foram até a casa dos dois amigos com o qual Gilberto saiu na sexta-feira, mas eles não estavam. As residências estavam fechadas e vizinhos não sabiam de seus respectivos paradeiros. “Temos que localizar essas duas pessoas porque até agora está muito estranho e eles vão nos ajudar a esclarecer o crime”, disse a delegada.

Os policiais acreditam que os dois rapazes sabem o que aconteceu, mas teriam fugido por receio ou participação no assassinato. Um detalhe que chamou a atenção dos policiais é que o corpo estava num local de fácil acesso e só foi visto três dias depois.

Com o assassinato de Gilberto, sobe para cinco o número de execuções na Grande Cuiabá em sete dias de novembro, sendo dois homicídios em Várzea Grande e três em Cuiabá.




Fonte: Do DC

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/69826/visualizar/