Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Politica MT
Quinta - 27 de Outubro de 2011 às 17:14

    Imprimir


Pelo menos cinco municípios e uma população de 30 mil pessoas, no centro sul mato-grossense, já podem viver a expectativa de contar com uma instituição de ensino superior para atendê-los na região. O primeiro passo foi dado pelo vice-líder do Governo do Estado na Assembleia Legislativa, deputado Wagner Ramos, e o vice-prefeito de Nortelândia, Antonio Meira, ambos do PR.

Eles se reuniram na Assembleia Legislativa com o pró-reitor de Gestão Financeira da Unemat, Ariel Lopes Torres, para viabilizar a instalação de um polo da Universidade Aberta do Brasil (UAB) em Nortelândia, com parceria da instituição estadual, atendendo também Arenápolis, Denise, Nova Marilândia e Santo Afonso.

Os entendimentos iniciais garantiram novo encontro desse grupo para o próximo dia 11 de novembro, agora ampliado com a participação dos secretários de Educação dos municípios envolvidos; da coordenadora da UAB/Unemat, professora doutora Fabíola Sartin Dutra, e um representante da Diretoria de Gestão para Educação à Distância (Dead), da Unemat.

Atualmente, os municípios estão fazendo levantamentos individuais sobre a necessidade de vagas, incluindo o número de estudantes que participaram do Enem-2011. A reunião do dia 11 de novembro será realizada em Nortelândia, em local a ser confirmado. Na ocasião, serão apresentados números da demanda total e projeto específico para cada município, e avaliação da viabilidade de implantação do polo.

“O que conseguimos neste encontro tem peso fundamental no crescimento de Mato Grosso, no tocante à oferta da educação em nível superior para um contingente cada vez maior da nossa população. Principalmente para os que estão em idade de ingresso em uma universidade. Estamos avançando nesse sentido”, comemorou Wagner Ramos.

Em consenso, o parlamentar e o vice-prefeito de Nortelândia reconhecem que, assim como o centro-sul, diversas outras regiões de Mato Grosso têm um número considerável de estudantes que aguardam ansiosos por essa oportunidade. “A grande maioria ainda não está em uma universidade por incompatibilidade de horários, por conta de trabalho e distância, e de limitações financeiras, entre outros inúmeros motivos”, alertou Antonio Meira.

O Sistema UAB foi instituído pelo Decreto nº 5.800 (08.06.2006) para desenvolver a modalidade de educação à distância, expandindo e interiorizando a oferta de cursos e programas de educação superior no País. Atualmente ele está implantado em 15 polos, em municípios de diversas regiões (www.uab.capes.gov.br).






Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/71118/visualizar/