Repórter News - reporternews.com.br
Internacional
Domingo - 12 de Junho de 2011 às 13:17

    Imprimir


Apesar da tranquilidade na última noite - quando não foi registrado nenhum tiroteio entre bandidos rivais -, o medo ainda ronda a Vila Kennedy, na zona oeste do Rio de Janeiro. Depois de uma operação do 14º BPM (Bangu) contra traficantes na sexta, que contou com o reforço do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e do Batalhão de Choque, o clima é de apreensão.

Vítima de uma bala perdida, a vendedora Elisete Reis, 41, conta que ela e as filhas - que também já foram atingidas - não se sentem à vontade no bairro: "isto aqui está um caos. Minhas filhas não querem mais ir ao colégio, ficam com medo". Ela contou que moradores do bairro já estão até filmando os tiroteios com celular.

Na tarde de sexta, três pessoas foram baleadas quando um policial perseguia uma motocicleta. A dona de casa Cátia Fernandes, 43, atingida por um tiro nos glúteos quando entrava em casa, diz que há pouca segurança. "É como se não existisse policiamento", lamenta ela, que precisou se levada ao hospital, mas já está se recuperando.

O disparo que feriu Cátia de raspão também atingiu sua amiga, Letícia Tomaz, 22. A jovem teve o intestino perfurado e foi operada no Hospital Albert Schweitzer, onde deve permanecer internada por uma semana.

A mãe da vítima, Vera Lúcia Tomaz, também reclama dos constantes conflitos entre polícia e bandidos. "Isso aqui virou um Afeganistão, todos estão traumatizados. Só consigo dormir pela manhã. À noite pode acontecer algo", desabafou.






Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/88038/visualizar/