Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Politica Brasil
Sexta - 08 de Abril de 2011 às 14:45

    Imprimir


O STJ (Superior Tribunal de Justiça) negou recurso da senadora Marta Suplicy (PT-SP) para que a Corte avaliasse pedido de indenização por ter sido chamada de "perua" em reportagem de uma revista da Editora Abril. Os advogados recorreram ao STJ depois que o TJ (Tribunal de Justiça) de São Paulo rejeitou a indenização requerida pela petista.

Segundo o desembargador convocado Vasco Della Giustina, a solicitação não era cabível porque a defesa queria remexer nos fatos e nas provas dos autos, o que não é autorizado ao STJ em recurso especial.

Ao negar o pedido da senadora, o TJ de São Paulo entendeu que não houve dano moral indenizável ou grave ofensa à honra da política. De acordo com o tribunal, a revista teria usado a expressão apenas para ressaltar o estilo pessoal de Marta, "notadamente sua maneira de se vestir".

Na decisão, o TJ também destacou que a expressão já tinha sido usada por outra revista, sem que a atual senadora tenha acionado a publicação.

"A expressão "perua", no contexto da matéria, foi nitidamente empregada para destacar o estilo pessoal da apelada, marcado neste particular, pela elegância no vestir. Note-se, a propósito, que a veiculação trata a recorrida como a "esfuziante ex-prefeita", reforçando a ideia de que a expressão foi utilizada para fins de simplesmente ressaltar o estilo pessoal da autora, nada mais", afirmou a decisão do TJ-SP





Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/96360/visualizar/