Publicidade

Publicado em Terça - 22 de Janeiro de 2019 | por Por Bruno Bocchini - Repórter da Agência Brasil São Paulo

USP: molécula pode ajudar a combater insuficiência cardíaca

A insuficiência cardíaca é o último estágio de diversas doenças cardiovasculares, enfermidades que mais matam no mundo, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). Estima-se que 17,7 milhões de pessoas tenham morrido por doenças cardiovasculares em 2015, representando 31% de todas as mortes em nível global. A insuficiência cardíaca pode ser causada por um infarto mal tradado, hipertensão, e problemas em alguma válvula do coração.

Leia mais...

Difteria entre venezuelanos preocupa Ministério da Saúde brasileiro

Publicado em Sábado - 19 de Janeiro de 2019 | por Por Victor Ribeiro - Enviado Especial* Boa Vista

“Começamos a receber informações de [pessoas com] difteria [em cidades venezuelanas]. É uma doença infecciosa, com a letalidade muito maior, prevenível por vacina”, destacou Luiz Henrique Mandetta.

Leia mais...

30% dos casos de ataque cardíaco no Brasil são fatais

Publicado em Sábado - 19 de Janeiro de 2019 | por Dr. Juliano Slhessarenko

Leia mais...

Relação entre cintura e estatura pode indicar risco cardiovascular

Publicado em Sexta - 18 de Janeiro de 2019 | por Por Camila Maciel - Repórter da Agência Brasil São Paulo

Segundo Valenti, estudos recentes sugerem que a RCE fornece informações mais precisas de riscos cardiovasculares do que o Índice de Massa Corporal (IMC), que avalia a distribuição de gordura pelo corpo. “O resultado que encontramos chama a atenção daquelas pessoas que acham que [estão fora dos grupos de risco] por não ter barriga, mas não fazem atividade física ou mantêm hábito alimentar saudável. Mesmo sem barriga, pode ser um risco”, alertou o professor com base no trabalho.

Leia mais...

Ausência de ato regulatório impactou 15% das despesas com saúde suplementar no Brasil

Publicado em Quinta - 17 de Janeiro de 2019 | por Da Assessoria/Dialum

Leia mais...
Das 132 vagas disponibilizadas após o fim da cooperação entre o Brasil e Cuba, ainda faltam 55 médicos para o programa em MT
Das 132 vagas disponibilizadas após o fim da cooperação entre o Brasil e Cuba, ainda faltam 55 médicos para o programa em MT

MT tem 15% das vagas preenchidas em 2ª chamada

Publicado em Quinta - 17 de Janeiro de 2019 | por Joanice de Deus/Diário de Cuiabá

Ainda, conforme o MS, os postos que estiverem em aberto serão disponibilizados na próxima etapa, entre os dias 23 e 24 deste mês, para os profissionais brasileiros formados no exterior. “Se não forem preenchidas, as vagas serão reabertas, nos dias 30 e 31 de janeiro, para os médicos estrangeiros participarem do programa Mais Médicos”, frisou.

Leia mais...
Médico do programa Mais Médicos durante atendimento — Foto: Karina Zambrana /ASCOM/MS
Médico do programa Mais Médicos durante atendimento — Foto: Karina Zambrana /ASCOM/MS

Com 65 vagas abertas, apenas quatro profissionais do Mais Médicos se apresentam em MT

Publicado em Quinta - 10 de Janeiro de 2019 | por G1 MT

Os municípios que tiveram vagas preenchidas foram Água Boa, Alta Araguaia, Brasnorte, Juara, Marcelândia, Nova Brasilândia, Nova Canaã do norte, Nova Xavantina, Paranaíta, Porto Alegre do Norte, Porto Esperidião, Tangará da Serra, Vila Bela da Santíssima Trindade, 5 vagas no Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) de Cuiabá e 2 vagas no DSEI do Xingu.

Leia mais...

Brasil tem 10.274 casos confirmados de sarampo

Publicado em Quinta - 10 de Janeiro de 2019 | por Por Paula Laboissière - Repórter da Agência Brasil Brasília

Os surtos, segundo o Ministério da Saúde, estão relacionados à importação, já que o genótipo do vírus que circula no Brasil é o mesmo da Venezuela, país com surto da doença desde 2017.

Leia mais...

Anvisa libera registro de genérico para combater infecções

Publicado em Quinta - 10 de Janeiro de 2019 | por Por Paula Laboissière - Repórter da Agência Brasil Brasília

Outro benefício da concessão do registro, de acordo com o comunicado, é a redução do custo do tratamento, já que medicamentos genéricos devem entrar no mercado com valor pelo menos 35% menor que o do medicamento de referência.

Leia mais...

No verão, é preciso ficar atento para manter disposição e hidratação

Publicado em Terça - 08 de Janeiro de 2019 | por Beatriz Filho/esDiário de Cuiabá

Além disso, a água é essencial no processo de filtragem do sangue que acontece nos rins e tem como resultado o xixi, um líquido com impurezas e excessos retirados do corpo. A consistência das fezes também varia de acordo com a quantidade de água ingerida. Mas e quem não gosta de beber água? Existem opções. As especialistas reforçam que as nossas fontes de hidratação são variadas: há água em legumes, frutas e verduras.

Leia mais...