Publicado em Sexta - 03 de Maio de 2019 | por Por Elaine Patricia Cruz – Repórter da Agência Brasil São Paulo

Acidentes com origem elétrica causaram 622 mortes em 2018

Estes números somam os casos fatais e não fatais. O dado consta do Anuário Estatístico de Acidentes de Origem Elétrica e foi revelado hoje (2), em São Paulo, pela Associação Brasileira de Conscientização dos Perigos de Eletricidade (Abracopel).

Leia mais...

Muçulmanos se preparam para o Ramadã

Publicado em Quinta - 02 de Maio de 2019 | por Da Assessoria/LN

Leia mais...

Assassino de ganhador da Mega Sena é preso

Publicado em Terça - 30 de Abril de 2019 | por G1 MT

Miguel Ferreira de Oliveira era ganhador de um prêmio de R$ 39 milhões na Mega-Sena, em um sorteio realizado no ano de 2011.

Leia mais...

Contribuintes têm até hoje para entregar Imposto de Renda

Publicado em Terça - 30 de Abril de 2019 | por Por Wellton Máximo – Repórter da Agência Brasil Brasília

Também é possível fazer a declaração com o uso de dispositivos móveis, como tablets e smartphones, por meio do aplicativo Meu Imposto de Renda. O serviço também está disponível no e-CAC no site da Receita, com o uso de certificado digital, e pode ser feito pelo contribuinte ou seu representante com procuração.

Leia mais...

Agrotóxicos encurtam vida e mudam comportamento das abelhas

Publicado em Segunda - 29 de Abril de 2019 | por Por Camila Boehm – Repórter da Agência Brasil São Paulo

O estudo, apoiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do estado de São Paulo (Fapesp), investiga o fato, já conhecido, de que diversas espécies de abelhas estão desaparecendo no mundo todo. No Brasil, o fenômeno tem sido observado pelo menos desde 2005 e está diretamente ligado ao uso de agrotóxicos, diz o professor Osmar Malaspina, pesquisador do Centro de Estudos de Insetos Sociais do Instituto de Biociências da Universidade Estadual de São Paulo (Unesp).

Leia mais...

Bolsonaro extingue horário de verão

Publicado em Quinta - 25 de Abril de 2019 | por Por Andreia Verdélio – Repórter da Agência Brasil Brasília

O horário de verão foi criado em 1931 e aplicado no país em anos irregulares até 1968, quando foi revogado. A partir de 1985, foi novamente instituído e vinha sendo aplicado todos os anos, sem interrupção. Normalmente, o horário de verão começava entre os meses de outubro e novembro e ia até fevereiro do ano subsequente, quando os relógios deveriam ser adiantados em uma hora em parte do território nacional.

Leia mais...
Wagner Rosário - Ministro da CGU
Wagner Rosário - Ministro da CGU

Seis em cada 10 órgãos públicos criaram plano de integridade no prazo

Publicado em Quarta - 24 de Abril de 2019 | por Por Jonas Valente - Repórter da Agência Brasil Brasília

Uma delas é a indicação de uma unidade de gestão para o tema. Até o momento, 72% dos órgãos cumpriram essa exigência, percentual mais alto entre as diretrizes. Do total das instituições, 66% estruturaram comissões de ética e 65% designaram uma área dentro da administração para ficar responsável por processos disciplinares.

Leia mais...

Senado decide que consumidor tem direito a celular reserva

Publicado em Sexta - 12 de Abril de 2019 | por Por Marcelo Brandão - Repórter da Agência Brasil Brasília

O projeto inicial, de 2015, previa que o aparelho reserva deveria apenas fazer e receber ligações. O Senado incluiu a obrigatoriedade de acessar a internet, usando o plano de dados do consumidor. A sessão foi realizada na manhã desta quinta-feira e foi presidida por Eduardo Gomes (MDB-TO).

Leia mais...

STF valida lei que permite emissão de documentos em cartórios

Publicado em Quinta - 11 de Abril de 2019 | por Por André Richter - Repórter da Agência Brasil Brasília

Pela decisão, os cartórios precisam de autorização do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e dos tribunais de Justiça dos estados para oferecer novos serviços. A atividade primária dos cartórios de registro civil é a emissão de certidões de nascimento, de casamento e de óbito.

Leia mais...

Validade da carteira de motorista pode passar para 10 anos

Publicado em Quarta - 10 de Abril de 2019 | por Por Pedro Rafael Vilela - Repórter da Agência Brasil Brasília

A proposta também deve alterar a pontuação máxima que cada condutor pode acumular ao longo de um ano por causa das infrações. Atualmente, o máximo é 19 pontos. A partir de 20 pontos na carteira, um processo de suspensão do direito de dirigir já pode ser instalado pelo órgão de trânsito.

Leia mais...