Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Cidades/Geral
Terça - 14 de Outubro de 2008 às 14:55
Por: Sílvia Devaux

    Imprimir


Os candidatos aprovados no concurso público 2008 da Polícia Militar de Mato Grosso começaram nesta semana as aulas do Curso de Formação de Soldados (CFSD). Nesta manhã de terça-feira (14.10), o governador Blairo Maggi, abriu a aula inaugural no anfiteatro da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), em Cuiabá. Cerca de 300 alunos soldados dos pólos de Cuiabá, Várzea Grande, Tangará da Serra e Cáceres, participaram da solenidade.

O concurso público da PM ofereceu 1.030 vagas para os oito pólos, que foram disputadas por 25 mil candidatos. Apenas 489 deles foram aprovados em todas as fases. O Governo do Estado adiantou durante a solenidade que um novo concurso será aberto até dezembro deste ano para preencher as vagas restantes. Blairo Maggi falou ainda das oportunidades que eles irão ter dentro da corporação, incentivando-os a tentar a carreira de oficial e chegar até a coronéis.

“Nós (governador e secretários) saímos e as instituições ficam e vocês são a instituição; vão representar o Estado em qualquer lugar que forem”, disse Maggi aos alunos soldados, reforçando o discurso do secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Diógenes Curado. O secretário destacou também a integração com que as polícias (Civil, Militar e Federal) têm no Estado, informando que o trabalho deles irá depender dessas polícias.

Blairo Maggi enfatizou que o Governo do Estado tem a responsabilidade de fazer a Polícia Militar cada dia melhor. “Mato Grosso precisa de gente que seja capaz, que queira vencer e ter reconhecimento na carreira” argumentou, acrescentando que “não queremos policiais duros e truculentos, mas que saibam tomar decisões bem pensadas e sejam flexíveis quando necessário”, principalmente nos muitos casos de conflitos que enfrentam com pessoas que geralmente não estão em estado normal.

Segundo Maggi, um policial precisa ter muita paciência, compreensão, bom senso e equilíbrio. Características que a estudante de Economia Pollyanna Porto, 23 anos, acredita ter, tanto que deixou o emprego e trancou a faculdade no quinto semestre para seguir a profissão que admira pela cidadania e oportunidade de ajudar as pessoas. Pollyanna completou que só vai poder dizer o que mais busca somente depois de conhecer a corporação.

Em cerca de cinco meses, os soldados alunos estarão aptos a atuar nas ruas, monitorados por outros policiais com mais tempo de corporação. “Hoje eles começam a aprender a ser policial militar. O Governo quer melhorar a qualidade do atendimento ao cidadão, incluir os melhores homens e mulheres da sociedade para fazer parte da PM”, salientou o comandante da PMMT, coronel Antônio Campos Filho.

SOLENIDADE

Durante a solenidade a PM deu uma placa de homenagem ao governador em “reconhecimento pelo esforço em prol da Segurança Pública”. Os três primeiros colocados no concurso, Jeie Darque de Moraes (1º), Fernando Júnior (2º) e Eliezer Silva (3º), também foram agraciados cada um com um kit fardamento pelo desempenho que tiveram na prova. A Banda da Polícia Militar acompanhou entoando o Hino Nacional e o Hino da PM.

Participaram também da solenidade, a corregedora da PMMT, coronel Lílian Tereza Vieira de Lima, diretor da Polícia Judiciária Civil, José Lindomar Costa, juíza da 11ª Vara Especializada da Justiça Militar, Lúcia Perufo, prefeita em exercício de Cuiabá, Jacy Proença, comandantes dos Comandos Regionais dos pólos participantes, outras autoridades militares e estaduais.





Fonte: Secom-MT

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://reporternews.com.br/noticia/171592/visualizar/