Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Nacional
Domingo - 26 de Novembro de 2006 às 23:44

    Imprimir


Os corpos de duas pessoas que morreram em um naufrágio no rio Jequitinhonha, perto da cidade de Salto da Divisa, no norte de Minas Gerais, foram encontrados na manhã deste domingo. Eles faziam parte de um grupo de amigos que pescava no local. O Corpo de Bombeiros ainda tenta localizar a terceira vítima. Apenas uma pessoa sobreviveu.

O grupo morava há 23 anos em Itapetinga, na Bahia. As três vítimas foram identificadas como o gerente da empresa de ônibus Expresso Itapetinga, Marcelo Geraldo de Oliveira, 45 anos, e os motoristas Haroaldo Viana Malta, 38 anos, e Magnovaldo Borges Porto, de 33 anos. O único sobrevivente no naufrágio foi o dentista Augusto Pimenta, 55 anos, que usava colete salva-vidas no momento do acidente.

Os corpos de Marcelo Geraldo de Oliveira e Magnovaldo Borges Porto estão sendo levados para serem embalsamados no Instituto Médico Legal de Itabuna (BA). O corpo de Marcelo Oliveira será levado, ainda na noite deste domingo, para a cidade de Santa Bárbara, onde a família dele mora. Ele deverá ser enterrado amanhã. A família do dentista que sobreviveu de Minas Gerais, da cidade de Bocaiúva, no norte do Estado.

Outras três pessoas participavam da pescaria, mas segundo a esposa de Augusto Pimenta, que sobreviveu, eles estavam em outro barco. "(Eles) não viram o acidente. Ficaram sabendo depois," contou Gorete Pimenta.

As causas do acidente ainda vão ser apuradas pela polícia de Salto da Divisa. "Choveu muito na região nos últimos dias e a correnteza estava muito forte. Além disso, havia muita lama no leito do rio. Ainda não sabemos porque o pesqueiro virou. No Rio Jequitinhonha eles não costumavam pescar muito, não. Eles gostavam mais do Rio São Francisco" explicou Gorete Pimenta.





Fonte: Terra

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://reporternews.com.br/noticia/258193/visualizar/