Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Internacional
Terça - 01 de Agosto de 2006 às 14:15

    Imprimir


O presidente do Conselho de Ministros do Peru, Jorge del Castillo, disse hoje que a Organização dos Estados Americanos (OEA) deveria buscar mecanismos para uma transição ordenada em Cuba, após a saída provisória do líder Fidel Castro, que repassou o poder a seu irmão por motivo de doença.

Em entrevista à rádio "Cadena Peruana de Notícias" ("CPN"), Del Castillo assegurou que é muito importante que a OEA, da qual Cuba está suspensa como país-membro, prepare um grupo que possa dar as "cartas no assunto", para que administre uma "transferência ordenada" e sem violência de poder na ilha caribenha.

O primeiro-ministro peruano, também legislador do Partido Aprista Peruano, advertiu que "Cuba pode ter uma guerra civil", porque tem oposição e partidários apaixonados pelo regime castrista.

"Se a situação não for administrada adequadamente, pode terminar muito mal. É muito importante que seja organizado um grupo para dar as cartas no assunto", acrescentou Del Castillo à emissora de rádio.

A retirada provisória de Castro do poder por problemas de saúde, sendo que já está no Governo de Cuba há mais de 47 anos, foi recebida hoje com surpresa pela comunidade de exilados cubanos no Peru, ocupando as manchetes dos principais jornais de Lima.





Fonte: EFE

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://reporternews.com.br/noticia/286208/visualizar/