Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Policia MT
Sexta - 24 de Outubro de 2014 às 14:17

    Imprimir


Armas e várias munições de grosso calibre furtadas de uma residência foram recuperadas, pela Polícia Judiciária Civil, na segunda-feira (20.10), em Brasnorte (579 km a Noroeste). O jovem Diego Junior da Silva Lemes, 18, foi preso em flagrante pelo furto das armas.

Na comunicação do furto, a vítima relatou que dois individuos entraram na residência e entre outros objetos furtaram uma espingarda calibre 12, um fuzil calibre 30, além de várias munições. Com a preocupação do armamento estar em poder de bandidos perigosos que poderiam colocar várias pessoas em risco, policiais saíram imediatamente em diligências pela cidade.

Durante as investigações, investigadores encontraram o acusado Diego, já conhecido da Polícia, pela passagens de furto na Delegacia de Brasnorte. Ao ser abordado, o suspeito ficou nervoso e começou entrar em contradição nas suas respostas. Desconfiados, os policiais foram a todos os locais em que Diego foi visto, refasendo os passos do suspeito. Diante da ação da Polícia, o acusado acabou confessando o crime, mas disse não se lembrar onde havia escondido os objetos furtados.

Os investigadores fizeram uma varredura na região em que o suspeito foi localizado. Em um lugar escuro, em meio a uma vegetação, os policiais conseguiram encontrar os objetos furtados. Na ação foi apreendida uma espingarda calibre 12, um fuzil/Winchester calibre 30, várias munições calibre 26 e calibre 357, 3 cartuchos calibre 12, 35 munições, calibre 22, 24 munições de fuzil calibre30/06, 33 munições calibre 44, um notebook e uma camera fotográfica semiprofissional.

O acusado foi conduzido a Delegacia de Brasnorte e autuado em flagrante pelo furto. As armas apreendidas continuam na Delegacia aguardando a apreentação de documentação por porte da vítima, que disse ser colecionador de armas e membro de clube de tiro. Segundo o delegado, Adil Pinheiro de Paula, caso a vítima não apresente as documentações sobre a procedência do armamento, poderá também responder a inquérito policial por posse irregular de arma de fogo.

“As investigações irão continuar até que fiquem claras as atitudes dos individuos que praticaram crimes na cidade, bem como a participação de outras pessoas no caso” disse o delegado. Participaram da operação os investigadores, Maerço Magalhães, Otacílio de Oliveira e José Carlos Falcão.





Fonte: Rádio Pioneira com Assessoria/PJC-MT

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://reporternews.com.br/noticia/403363/visualizar/