Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Esportes
Domingo - 16 de Setembro de 2012 às 17:01
Por: Bruno Marques

    Imprimir


Eduarda Queiroz será velada na segunda-feira
Eduarda Queiroz será velada na segunda-feira

A presidente da Federação do Espírito Santo de Ginástica (Fesg), Dalza Batista, lamentou o falecimento da ginasta capixaba Eduarda Queiroz, num acidente de carro na manhã deste domingo, na BR-262, em Viana, na região metropolitana do estado e disse não ter palavras para descrever a reação da mãe de Eduarda, Monika Queiroz, ex-treinadora da seleção brasileira de conjunto de ginástica rítmica e de quem Dalza é muito amiga.

A dirigente acompanha de perto o drama vivido pela família. Segundo Dalza Batista, Monika ainda está na Bahia, tentando um voo de volta para o Espírito Santo, e por isso o velório de Eduarda foi marcado apenas para as 8h dessa segunda-feira, no Parque da Paz, na Ponta da Fruta, em Vila Velha. O sepultamento será às 16h. No contato feito por telefone, Monika chorou bastante e pediu para que Dalza amparasse os demais familiares.

- Monika só deve chegar a Vitória na noite deste domingo. Não tenho palavras para descrever a reação da Monika. Ela chorou muito. Mas disse que estava forte e me pediu para confortar os pais dela (avós de Eduarda). Vim para a casa deles assim que soube da notícia. O pai da Eduarda também está muito chocado, mal consegue ficar de pé e não tem condições de atender a imprensa. É um dia muito triste. Foi um golpe muito duro para a família e para a ginástica do Espírito Santo. Nós todos perdemos muito - afirmou Dalza.

Dalza relembrou o dia em que Monika apareceu grávida de Eduarda, que tinha 17 anos. A presidente da Fesg elogiou a ginasta, que foi vice-campeã brasileira por equipes, pela Escola de Campeãs, de Vila Velha, no começo deste mês em Goiânia (GO).

- Vi Eduarda nascer e crescer. Me lembro perfeitamente do dia em que Monika veio me dar a notícia de que estava grávida dela. Monika brincou: o Espírito Santo ganha mais uma ginasta! A Eduarda era uma pessoa muito especial, de um comportamento exemplar. Ela foi treinada pela Gizela (Batista, filha de Dalza) dos cinco aos 16 anos (no Clube dos Oficiais, de Vitória). Só recentemente ela passou a treinar com a mãe, na Escola de Campeãs, depois de trocar o individual pelo conjunto. Ela tinha um estilo muito bonito.

Carro em que a ginasta Eduarda Queiroz seguia ficou destruído (Foto: Carlos Palito/TV Gazeta)
Carro em que a ginasta Eduarda Queiroz seguia ficou destruído (Foto: Carlos Palito/TV Gazeta)



Dalza Batista também conversou com os pais de Natália Gaudio, atual bicampeã brasileira de ginástica rítmica e que também estava no carro junto com Eduarda Queiroz.

- Natália, felizmente, está bem. Teve apenas alguns hematomas, mas nada tão grave. Ela fez exames e foi do hospital para casa por volta das 15h. A preocupação maior com a Natália é o trauma que pode ficar depois disso tudo - conclui a dirigente.

O motorista do veículo, Luiz Felipe Moroewsky Costa, de 20 anos, foi encaminhado desacordado para o Hospital São Lucas, em Vitória. O estado de saúde dele continua sendo grave.





Fonte: Do G1

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://reporternews.com.br/noticia/41315/visualizar/