Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Policia MT
Domingo - 16 de Setembro de 2012 às 16:54
Por: Kelly Martins

    Imprimir


Arquivo Pessoal
Os corpos dos trabalhadores assassinados foram encontrados espalhados em fazenda
Os corpos dos trabalhadores assassinados foram encontrados espalhados em fazenda
A Polícia Civil de Porto Esperidião, distante 358 quilômetros de Cuiabá, investiga o assassinato de três homens dentro de uma fazenda, localizada no distrito de Vila Cardoso, uma região que fica a 120 quilômetros da fronteira com a Bolívia. As vítimas foram mortas a tiros na sexta-feira (14) enquanto trabalhavam no local.

Ao todo, cinco funcionários foram contratados para obras na fazenda Nova Bom Jesus, que pertence ao pecuarista Geraldo Pilate Alba, de 50 anos. Na ocasião, dois deles conseguiram escapar dos tiros e sobreviveram a chacina.Nada foi furtado do local.

O delegado regional Douglas Turíbio Schutze disse em entrevista ao G1 que a fazenda fica na divisa com uma área de grilagem e que há suspeita do envolvimento de grileiros. Algumas testemunhas prestaram depoimento à polícia, mas até o momento não há informações ou identificação de suspeito pelo crime.

O caso assustou os moradores e intensificou a tensão no local, já que a fazenda Nova Bom Jesus já foi alvo de outros ataques, como um incêndio criminoso em 2011. A residência, o alojamento dos funcionários, dois barracões, um galpão e todo o maquinário foram destruídos pelo fogo.

Fazenda teria sido incendiada por traficantes (Foto: Arquivo pessoal)
Fazenda foi incendiada no último ano e teria sido por grileiros, segundo a polícia (Foto: Arquivo pessoal)



“Sai com a minha esposa para trocar o cartão de vacina e quando voltei estava tudo queimado”, contou ao G1, o proprietário da área Geraldo Pilati. O prejuízo total estimado é de pelo menos R$ 400 mil. À época um inquérito foi aberto para investigar o crime e 10 pessoas foram indiciadas por furto e dano qualificado. Ninguém está preso.

O proprietário contou que os cinco rapazes foram contratados para reformar a sede da fazenda para que a família volte a morar no município. Atualmente, ele a esposa e filhas moram em Cuiabá.





Fonte: Do G1 MT

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://reporternews.com.br/noticia/41316/visualizar/