Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Cidades/Geral
Quinta - 08 de Abril de 2021 às 04:55
Por: Vinicius Mendes/Olhar Direto

    Imprimir


O delegado José Getúlio Daniel, da Delegacia de Sorriso (a 442 km de Cuiabá), afirmou que o adolescente de 17 anos que teria torturado e matado Francisco Nunes, de 31 anos, nesta terça-feira (6), quis se vingar pois foi denunciado pela vítima por ter jogado pedras contra a delegacia e tentado queimar viaturas. A vítima teve sua língua arrancada antes de morrer.

O adolescente foi apreendido pela Polícia Civil nesta quarta-feira e responderá pelo ato infracional de homicídio qualificado pelo emprego de tortura e meio cruel. A vítima foi encontrada com o braço direito quebrado, olho roxo e sem a língua, sinais claros de tortura. Além disso foi atingida com dois disparos de arma de fogo.

Ao ser apreendido o adolescente foi conduzido à Delegacia de Sorriso, onde foi ouvido pelo delegado José Getúlio Daniel e autuado. Segundo o delegado o crime teria sido motivado pelo fato de a vítima ter denunciado o suspeito no envolvimento de outra situação envolvendo a delegacia da cidade.

“A vítima denunciou o adolescente quando ele jogou pedras contra a delegacia e tentou queimar umas viaturas da Polícia Civil e muito provavelmente essa tenha sido a motivação do crime”, disse o delegado.





Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://reporternews.com.br/noticia/441949/visualizar/