Repórter News - reporternews.com.br
Economia
Quinta - 22 de Julho de 2021 às 15:48
Por: Da Assessoria

    Imprimir


O presidente da Federação das Associações Comerciais e Empresariais de Mato Grosso (Facmat), Jonas Alves, recebeu nesta quarta-feira (21.07), na sede da entidade, em Cuiabá, três representantes da Caixa Econômica Federal (CEF) que explicaram sobre o novo limite disponibilizado para contratações de empréstimo pelo Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe). O programa foi criado para ajudar no desenvolvimento e fortalecimento dos negócios no enfrentamento dos impactos causados pela Covid-19.

Estiverem presentes na reunião, o superintendente executivo de Governo da Caixa MT, Adriano Moura Rocha, o superintendente executivo de Varejo, Rudinei Marcelo Pletsch e o gerente geral da rede, Gustavo Silva dos Santos.

De acordo com o presidente da Facmat, os representantes da CEF apresentaram informações importantes sobre o Pronampe e alertaram sobre os prazos para os empresários solicitarem o programa de crédito.

“Os recursos estão disponíveis e podem chegar a R$ 150 mil por empresa, mas é importante que os microempresários se atendem e procurem o mais rápido possível uma agência da Caixa Econômica em seu município”, informou Jonas Alves.

Para ele, o recurso auxilia no capital de giro da empresa, além de reorganizar as finanças prejudicadas no período da pandemia. “Esse recurso é muito importante para o setor e nós ficamos contentes em poder informar nossos filiados em todo Estado, de que está disponível e é possível obtê-lo”, frisou.

O superintendente executivo de governo, Adriano Moura Rocha, apresentou os pré-requisitos para ter direito ao crédito. “Para contratar o financiamento, é necessário que as microempresas tenham receita bruta igual ou inferior a R$ 360 mil e as empresas de pequeno porte tenham receita bruta de até R$ 4,8 milhões, no ano de 2020”, apontou.

A empresa também deve ter declarado Imposto de Renda PJ em 2019 e 2020. O pedido de contratação precisa ser feito pessoalmente em uma agência da Caixa. Dentre as vantagens do Pronampe estão o prazo total da operação de 48 meses, sendo 11 de carência e financiamento em 37 parcelas. A taxa de juros competitiva, igual à taxa básica de juros (Selic) + 6% ao ano é outro atrativo.

O limite do Pronampe considera o volume de contratação de todas as fases anteriores do programa, por exemplo, se a empresa já tiver contratado R$ 100 mil em outra fase do programa, mesmo que tenha sido em outro banco, só pode contratar R$ 50 mil nesta nova fase.

Mais informações pelo WhatsApp Caixa 0800 104 0104.





Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://reporternews.com.br/noticia/444935/visualizar/