Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Cidades/Geral
Quarta - 24 de Novembro de 2021 às 23:20
Por: Por Rogério Júnior, g1 MT

    Imprimir


Sueli Shimizu em comemoração de aniversário — Foto: Arquivo pessoal
Sueli Shimizu em comemoração de aniversário — Foto: Arquivo pessoal

Apesar do medo de agulha, a auxiliar administrativo Sueli Tiyoko Shimizu, 39 anos, se tornou a maior doadora de sangue em Mato Grosso, do sexo feminino. Com até 47 doações realizadas até agora, ela ajudou a salvar até 188 vidas.

“Quando eles vão inserir a agulha, eu procuro não olhar e não me preocupar. Então, fico mais tranquila”, conta Sueli sobre a forma como dribla medo.

Ela conta que quando o pai dela precisou de transfusão de sangue há seis anos percebeu a importância da doação. “Eu me sinto bem quando termino a doação. Fico com um sentimento de dever cumprido”, disse.

Sueli vai ao Hemocentro de Cuiabá regularmente a cada quatro meses. Esse é o período de intervalo entre uma doação e outra indicado pelos profissionais de saúde.

Mariana é doadora de sangue desde 2005 — Foto: Arquivo pessoal

Mariana é doadora de sangue desde 2005 — Foto: Arquivo pessoal

Esse mesmo espírito altruísta também leva Mariana da Silva Pin, 37 anos, a doar sangue. Ela é doadora desde 2005.

Mariana também é doadora de medula óssea, de plaquetas por aférese e já adiantou à família que é doadora universal de órgãos, devidamente registrada.

“Pelo fato do meu sangue ser O negativo comecei a doar pra ajudar as pessoas que precisavam”, explicou.

Bolsas de sangue — Foto: Jefferson Barbosa

Bolsas de sangue — Foto: Jefferson Barbosa

Em razão da pandemia de Covid-19, as doações são previamente agendadas no site do Hemocentro. internet. Os doadores são separados em grupos de até dez pessoas a cada uma hora para evitar aglomeração no prédio.

Nesta quinta-feira (25) é celebrado o Dia Nacional do Doador. Ao longo da semana ocorre uma programação especial de doação de sangue no MT-Hemocentro da capital.

Quer doar sangue? Então anote as dicas abaixo:

  • Leve um documento original com foto;
  • Esteja bem alimentado. Evite alimentos gordurosos nas três horas que antecedem a doação;
  • Esteja bem hidratado, beba bastante água;
  • Tenha uma boa noite de sono, com, no mínimo, quatro horas de sono ininterruptas nas últimas 24h;
  • Não consuma bebida alcóolica nas 12h antes da doação. Isso causa desidratação no organismo;
  • Tem que ter um peso acima de 50kg;
  • Seja honesto na entrevista da triagem clínica. O objetivo é garantir que a doação seja segura para o doador e para quem for receber o sangue.

Quem tomou as vacinas contra a Covid-19 pode doar?

Quem recebeu as vacinas da Pfizer e AstraZeneca devem esperar por sete dias para fazer a doação de sangue. Já para aqueles vacinados com CoronaVac aguardam cerca de 48h para doar. É o mesmo período de espera para quem foi vacinado contra a gripe.

Estou curado da Covid, posso doar?

Depois de curado, espere por 30 dias. Se você teve a forma grave da doença e já esteja curado, deve aguardar por 1 ano para a doação de sangue.





Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://reporternews.com.br/noticia/448606/visualizar/