Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Policia MT
Quinta - 23 de Junho de 2022 às 13:45
Por: Pablo Rodrigo/Gazeta Digital

    Imprimir


O empresário Valdebran Padilha, conhecido nacionalmente pelo 'Escândalo dos Aloprados do PT' em 2006, foi preso sob acusação de ter estuprado duas adolescentes em Cuiabá. Conforme o Gazeta Digital apurou, Valdebran foi preso na quarta-feira (22) pela Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica) e foi encaminhado para a Polinter.

Ele é acusado de ter estuprado uma adolescente de 15 anos em 2019. Na época, ela trabalhava como empregada em sua residência. A outra denúncia, envolveria uma adolescente de 12 anos, que seria sua parente. Com as denúncias dos abusos, a Justiça decretou sua prisão preventiva. Ele passará por audiência de custódia com o juíz 14ª Vara Criminal Jurandir Florêncio de Castilho Júnior, magistrado na 14ª Criminal.

Valdebran Padilha se torno conhecido nacionalmente em setembro de 2006, quando foi preso em um hotel com R$ 1.7 milhão, que seria para pagar um dôssie contra o então candidato ao governo do estado de São Paulo pelo PSDB, José Serra.

O valor seria repassado para o empresário Luiz Antônio Trevisan Vedoin, que iria incluir políticos do PSDB no 'Escândalo das Sanguessugas'. Em novembro do mesmo ano, a direção municipal do PT de Cuiabá, o expulsou por conta do caso.

Em 2011, Valdebram voltou a ser notícia, prisão novamente pela Polícia Federal durante a Operação Hygea, que investigou um suposto esquema de fraude em licitações e obras da Fundação Nacional de Saúde (Funasa).

O esquema seria de contratação por valores superfaturados de organizações não governamentais (ONGs) para prestar serviços de saúde; e a contratação, sem a execução das obras, de empresas de engenharia por prefeituras de Mato Grosso.





Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://reporternews.com.br/noticia/453267/visualizar/