Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Copa 2014
Segunda - 04 de Janeiro de 2010 às 01:07
Por: Rafael Costa

    Imprimir


Reprodução
Maquete da arena multiuso do Verdão, que será construída para a Copa do Mundo de 2014
Maquete da arena multiuso do Verdão, que será construída para a Copa do Mundo de 2014

Os cuiabanos poderão sentir no início de 2010 o clima de Copa do Mundo na cidade. O presidente da Agência da Copa (Agecopa), Adilton Sachetti, afirma que a prioridade no primeiro semestre a construção do novo estádio do Verdão que sediará os jogos da Copa do Mundo de 2014. Após uma série de procedimentos, a previsão inicial da obra está marcada para março.

"O desafio maior da Agecopa ano em 2010 é o Estádio que já está em fase final de licitação e com o projeto básico pronto. Os projetos executivos estão sendo elaborados e até fevereiro serão entregues. Em março iniciaremos as obras", revelou.

Sachetti explicou que é necessário ter paciência nesta fase inicial para cumprir a legalidade nos contratos. "Precisamos aguardar o tempo do fechamento do contrato de licitação e aguardar o prazo que foi prorrogado até o dia 21 de janeiro, para as empresas fazerem as correções no edital que deve ser feito", afirmou.

A construção do Estádio visa o Mundial de 2014, porém, as obras deverão ser marcadas pela rapidez. Isso porque em 2013 o Brasil sediará a Copa das Confederações e Cuiabá sediará jogos do evento como experimento ao ano seguinte. Por conta disso, o novo Verdão tem prazo para ser entregue.

"O contrato do estádio que está anexo a licitação dá o espaço de dois anos para conclusão. Até final de 2012 o estádio deve estar pronto, quem ganhar a licitação sabe que esse é o compromisso porque está no contrato", revela Sachetti.

Pós-Copa

Com relação ao período posterior a Copa do Mundo, já está sendo feita uma preparação para impedir que o estádio de futebol se transforme num ‘elefante branco", ou seja, caia em desuso e seja abandonado para práticas esportivas.

Essa possibilidade surge por conta da falta de clubes de Mato Grosso na elite do futebol brasileiro, que seria a participação nas séries A ou B, onde estão concentrados as principais agremiações do futebol brasileiro com capacidade de atrair público elevado.

Os projetos já estão levando em consideração esse fator e antecipadamente trabalha com a possibilidade de solucioná-lo. "Estamos projetando uma arena multiuso, é diferente do estádio porque terá uma série de outras finalidades, tanto é que, quando o projeto foi desenvolvido, os arquitetos já pensaram em uma arena que dê viabilidade de sustentabilidade, por isso, se chegou a propor o projeto que pode ser reduzido o tamanho do estádio", explicou Sachetti.

O presidente da Agecopa ainda revela o que está sendo planejado. "Queremos colocar dentro do estádio um shopping, centro de convenção, hotel, enfim, dar uma finalidade para o estádio na parte de baixo e com esse uso mantê-lo em funcionamento. Queremos dar uso contínuo para gerar manutenção", disse Sachetti.






Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://reporternews.com.br/noticia/147168/visualizar/