Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Cidades/Geral
Sexta - 16 de Outubro de 2009 às 13:59
Por: Mateus Leite

    Imprimir


O prefeito Juviano Lincoln (PPS) confirmou na última quinta feira, dia 15, o interesse de sua administração em terceirizar o sistema de coleta do lixo feito atualmente em Diamantino.

Segundo o prefeito, já foram iniciadas conversas com uma empresa especializada, que inclusive levou Lincoln e o secretário de obras Stol Santos Filho, na semana passada, para visitar cidades no estado de Goiás e Tocantins onde o modelo deu certo.

Seis municípios do estado do Mato Grosso já adotaram o sistema.

Lincoln destacou a visita ao município de Trindade (GO), cidade com aproximadamente 100 mil habitantes nos arredores de Goiânia, capital do estado, onde a terceirização gerou um modelo exemplar de coleta do lixo e beleza físicas da cidade.

“Realmente deu certo lá e esperamos poder contar em breve com esse sistema em Diamantino” disse Lincoln.

Mas para isso, garante o prefeito, é preciso calma e estudos.

“De início a empresa nos pediu R$ 90 mil mensais para executar todo o serviço de coleta do lixo, capina das calçadas e pintura á vácuo, essa última quatro vezes por ano” disse Lincoln.

“Em 60 dias a empresa prometeu mudar o aspecto físico de Diamantino” disse.

“Nós fizemos uma contra proposta de R$ 75 mil e ele aceitaram. Agora nós estamos fazendo um estudo para ver quanto gastamos com esses serviços do início do ano até agora para sabermos o gasto mensal que temos com a coleta de lixo. Se for maior que esse valor (de R$ 75 mil), certamente vamos terceirizar o sistema” completou.

O estudo deve ser concluído nos próximos dias e uma posição definitiva sobre o assunto deve ser tomada em até 30 dias, garantiu o prefeito.

Economia

Antes mesmo da conclusão do estudo sobre os gastos, o prefeito acredita que a terceirização deve, de fato, gerar economias para o município.

O primeiro deles seria com o pessoal. A coleta de lixo feita pela empresa gerará 20 empregos diretos. Duas equipes de dez 10 homens trabalharão em dois turnos e só com pessoal a economia seria bem grande.

“A empresa também atuará com dois caminhões, que geram manutenção, combustível, além de outros gastos” disse o prefeito.

“É uma conta que faremos a risca, mas tudo indica que os custos para a administração serão bem menores com a terceirização” concluiu. R$ 700 mil deve transformar ‘lixão’ em aterro sanitário

É grande a preocupação da administração municipal com as atuais condições do depósito da coleta de lixo em Diamantino. Além de ficar a céu aberto, gera mau cheiro e muito incômodo para a população.

Entretanto, uma emenda parlamentar da senadora senadora Serys Slhessarenko (PT) no valor de R$ 700 mil deve mudar esse cenário.

“A nossa expectativa é transformar aquele ‘lixão’, que tanto nos preocupa, em um aterro sanitário limpo e ecologicamente correto” disse o prefeito Juviano Lincoln.

O recebimento da emenda é esperado para a primeira quinzena do mês de dezembro e o início efetivo das obras está programado para as primeiras semanas de 2010.





Fonte: O Divisor

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://reporternews.com.br/noticia/152967/visualizar/