Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Economia
Quinta - 02 de Outubro de 2008 às 14:09

    Imprimir


O valor médio do conjunto de produtos que compõem a cesta básica caiu em setembro em14 das 16 capitais onde é realizada a pesquisa mensal do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). Houve aumento apenas em Florianópolis (2,04%), que apresentou o terceiro valor (R$ 223,47), e no Rio de Janeiro (0,42%), com a cesta passando para R$ 215,58.

De acordo com o Dieese, embora tenha ocorrido redução, o ritmo foi menor do que o do mês anterior, quando as quedas ultrapassaram a 10%.

Em Porto Alegre, o valor ficou em R$ 232,16, 3,73% abaixo do de agosto, revertendo a condição da capital gaúcha de registrar a cesta mais cara. O valor mais elevado passou a ser o apurado na capital paulista (R$ 234,68), onde houve diminuição de 2,68%. Desde janeiro, no entanto, a cesta do paulistano aumentou 9,34%.

As cestas com menor custo foram as de Recife, que ficou em R$ 167,76, com queda de 4,73%, e Fortaleza, que foi de R$ 169,67, com recuo de 4,88%. Na variação acumulada desde janeiro, correções superiores a 10% só ocorreram em cinco capitais: Florianópolis (17,10%), Rio de Janeiro (10,86%), João Pessoa (14,66%), Brasília (14,39%) e Curitiba (16,49%).

Nos últimos 12 meses, as variações permanecem elevadas em todas as capitais. As maiores variações apuradas são de Brasília (25,18%), Goiânia (24,49%), Curitiba (23,49%), João Pessoa (22,94%) e Belo Horizonte (22,37%). As menores taxas foram encontradas em Aracaju (12,03%), Porto Alegre ((12,27%) e Natal (12,60%).

O comprometimento do salário na compra da cesta básica foi reduzido de 54,45% para 52,54%, mas ainda supera o de setembro do ano passado, que foi de 48,41%.

Houve queda de preço na maioria dos produtos pesquisados, com exceção da manteiga e da carne, que subiram em nove capitais. Em Florianópolis, a carne estava sendo encontrada com reajuste de 8,85%; em Aracaju, de 6,87%; e no Rio de Janeiro, de 6,41%. Houve recuo em sete capitais, com destaques para Belém (-5,08%), Salvador (-2,99%) e Goiânia (-2,66%).

Segundo o Dieese, com a entrada do período chuvoso, a oferta de carne deve aumentar, permitindo maiores chances de uma redução no preço. Já a manteiga subiu em 10 capitais – a maior elevadção foi em Vitória (10,61%), bem acima da segunda maior alta, detectada em Natal (3,67%).

A queda mais acentuada entre todos os produtos foi do óleo de soja, cujo preço caiu em todas as capitais. As maiores quedas foram em Aracaju (-12,66%), Curitiba (-12,50%) e Salvador (-11,18%). Sobre setembro do ano passado, no entanto, o valor subiu em todas as capitais. Já o preço do pão recuou em 14 capitais; o do tomate em 13 ; o do arroz em 13; o do feijão em 11 ; e o da batata em nove.





Fonte: ABr

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://reporternews.com.br/noticia/172130/visualizar/