Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Economia
Terça - 23 de Setembro de 2008 às 11:20
Por: Leandro J. Nascimento

    Imprimir


As importações de janeiro a agosto somaram US$11,3 milhões. Se levado em conta o mesmo volume adquirido no período do ano passado, cujo montante chegou na US$2,8 milhões (mesmo valor do acumulado janeiro a julho de 2007), a aquisição de diferentes matérias-primas em oito meses de uma época para outra apresentou crescimento de 292,15%.

Dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior mostram que os bens intermediários, onde estão inclusos alimentos e bebidas destinadas para indústrias e insumos industriais representaram a maior parcela de bens adquiridos, com US$10,5 milhões (93,64%). Só Notícias apurou que, apenas em insumos ultrapassou os US$10,3 milhões. De cloreto de potássio, sorrisenses importaram equivalente a US$5,9 milhões, ou 52,69% da fatia total. Superfosfato, outros US$3,7 milhões, com 33,17% de participação.

Sulfato de amônio, US$674,4 mil, 5,97%. Máquinas e aparelhos para preparo de carnes, US$298,5 mil, representando 2,64%. Colheitadeiras de algodão também estão inclusas no principal ranking de bens mais importados. Somaram US$273 mil, com pouco mais de 2%. Pneus novos para ônibus ou caminhões, adquiridos US$192,6 mil em mercadoria, 1,70% do volume geral.

A Rússia foi quem mais vendeu produtos para Sorriso - US$4,3 milhões, 38,49%. Em segundo lugar com US$3,7 milhões (33,17%), apareceu a Bulgária. Já Belarus, na terceira posição, manteve negócios na casa dos US$1,6 milhão (14,20%). Estados Unidos e China, com US$947 mil (8,38%) e US$205,6 mil (1,82%), representaram a quarta e quinta parcela de maior importância, respectivamente.

No desempenho individual de agosto, Sorriso importou US$241,6 mil. O Governo Federal não acusa compras realizadas no mesmo mês de 2007.





Fonte: Só Notícias

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://reporternews.com.br/noticia/172769/visualizar/