Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Economia
Quarta - 27 de Agosto de 2008 às 13:38

    Imprimir


A inadimplência das empresas cai 2,1% de janeiro a julho deste ano, em relação ao mesmo período do ano passado, segundo apontou o Indicador Serasa de Inadimplência de Pessoa Jurídica, divulgado nesta quarta-feira.

Segundo o indicador, entre os meses de julho, a inadimplência das pessoas jurídicas ficou estável. Já na variação mensal, junho para julho de 2008, houve um aumento de 6,8%.

No acumulado do ano, o ranking de representatividade da inadimplência das empresas é liderado pelos títulos protestados, com participação de 42,1% no indicador, ante 40% nos sete primeiros meses do ano passado.

Em seguida, com 38,7% de participação, estão os cheques sem fundos --no ano passado, era de 38,4%. Já as dívidas com os bancos representaram 19,2% da inadimplência das empresas --até julho de 2007, este percentual foi de 21,6%.

A Serasa destaca que a inadimplência de pessoa jurídica mostra uma situação oposta à verificada na inadimplência do consumidor. Na pessoa jurídica, há queda no acumulado do ano (-2,1%), enquanto na física houve crescimento (6,9%) de janeiro a julho.

"Mesmo demandando mais crédito, as empresas estão tendo os devidos cuidados ao tomar recursos de terceiros, sobretudo em um ambiente de juros elevados, contribuindo para que a inadimplência siga em queda", afirmam os técnicos da Serasa.





Fonte: Folha Online

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://reporternews.com.br/noticia/174049/visualizar/