Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Esportes
Sábado - 25 de Agosto de 2007 às 23:29

    Imprimir


Madri - Real e Atletico de Madrid fizeram neste sábado o clássico de abertura do Campeonato Espanhol 2007/2008. A partida disputada no Santiago Bernabéu foi repleta de emoções, lances polêmicos, com as duas equipes jogando no ataque e o atual campeão espanhol levando a melhor, vencendo, de virada, por 2 a 1.

O jogo começou eletrizante, com o Atletico abrindo o placar logo no primeiro minuto. Raúl García deu um ótimo cruzamento para Agüero, que subiu e não deu chances para o goleiro Casillas. O gol não abalou o Real, que partiu para cima e conseguiu empatar aos 15 minutos. Sergio Ramos cruzou da direita, o zagueiro Pablo falhou e Raúl não desperdiçou.

O empate botou fogo na partida. O Atlético bombardeou o Real com jogadas perigosas de Forlán, Raúl García e Pepe. O time merengue respondeu com Robinho, Raúl e Van Nistelrooy. O atacante holandês esteve perto de fazer o seu após de aproveitar uma confusão na área do rival. Na sobra, ele chutou e a bola passou perto do gol. Aos 40 minutos, um lance duvidoso. Raúl se chuçou com Seitaridis dentro da área e pediu pênalti, mas o árbitro não marcou.

No segundo tempo, os anfitriões voltaram pressionando. Em 15 minutos criaram três oportunidades, duas com Nistelrooy e uma com Sneidjer, mas não conseguiram virar. Os visitantes responderam com Pérnia, arriscando um chute forte de fora da área, mas Casillas evitou o gol com uma ótima defesa.

Aos 18 minutos, Reyes, que foi um dos responsáveis pela conquista do título do Real Madrid na temporada passada, estreou pelo Atletico, mas não foi bem. Cinco minutos depois de entrar em campo, ele foi punido com cartão amarelo por falta em Sneijder e sumiu da partida.

O time merengue conseguiu a virada aos 33 minutos. Guti cobrou falta na área. Sneidjer escorou a bola, que ainda desviou na zaga antes de entrar no gol. Três minutos depois, nova polêmica. Forlan marca, de cabeça, o gol de empate dos visitantes, mas o árbitro marcou impedimento no lance.

Após o gol anulado, os jogadores do Atletico perderam a cabeça e começaram a fazer faltas violentas com Reyes, Maniche e Agüero. O Real aproveitou o nervosismo do adversário e soube segurar o resultado, garantindo a vitória.





Fonte: AE

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://reporternews.com.br/noticia/209803/visualizar/