Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Esportes
Terça - 21 de Agosto de 2007 às 10:52

    Imprimir


O meio-campista Zé Roberto revelou, em entrevista à Rádio Tupi, que está motivado e que gostaria muito de retornar ao elenco principal do Botafogo, como solicitou o técnico Cuca e os jogadores da equipe. Mas o jogador ainda não foi comunicado sobre uma possível volta.

"Perguntaram como está minha cabeça, se estou motivado. É claro que gostaria muito de voltar, quero jogar. Não sei o que levou o pedido do Cuca, mas o mais importante é que pediu minha reintegração e os torcedores também. O mais importante é estar voltando. Já passou, agora é só pensar em dias melhores, voltar bem para a equipe se recuperar", disse o atleta.

Uma reunião nesta terça-feira entre os dirigentes do Botafogo vai definir se o apoiador retorna ou não ao elenco principal. Por enquanto, a programação marca para Zé Roberto um treinamento na manhã desta terça-feira no Caio Martins, em Niterói. No mesmo horário, a equipe realiza um treino para o jogo contra o Corinthians, quarta, pela Sul-Americana.

Zé Roberto foi afastado pela diretoria em consenso com a comissão técnica após chegar atrasado no treino do dia 7 de agosto, véspera da partida contra o São Paulo. O meia já havia cometido outro ato de indisciplina ao viajar a Salvador sem a permissão da comissão técnica, que o havia liberado para se curar de uma gripe no Rio de Janeiro. Ele se defendeu dos erros.

"Não quis falar no momento. Acho que tudo que aconteceu foi normal, podia ter acontecido com qualquer outro jogador. Cheguei atrasado, conversei com Cuca, diretoria, tinha meus motivos; um filho pequeno, que não dormiu direito. Pedi desculpas, mas acharam que tinham que tomar aquela decisão. Já passou", afirmou.

Neste período em que esteve afastado, Zé Roberto assinou um pré-contrato com o Villa Rio, clube da Segunda Divisão do Rio de Janeiro, que tem uma parceria com a empresa Ability. Rumores deram conta que o jogador estaria próximo de acertar com o Al Gharrafa, do Qatar. Mas ele garante que, no momento, só pensa no Botafogo.

"O pré-contrato que assinei foi com grupo de investidores chamado Ability, que mantém contato com vários jogadores. Não dificultaria minha renovação. Isso nos agradou muito, pensei na minha família. Sou profissional, dependo disso, foi algo muito bem pensado. Mas em nada mudou minha vontade jogar no Botafogo e cumprir meu contrato até o fim do ano", finalizou.





Fonte: Folha Online

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://reporternews.com.br/noticia/210679/visualizar/