Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Economia
Quinta - 08 de Junho de 2006 às 08:09

    Imprimir


O custo da cesta básica em Cuiabá caiu pela terceira vez consecutiva este ano e registrou em maio o valor de R$ 160,78, conforme Pesquisa de Cesta Básica realizada pela KGM Soluções Institucionais nos dias 29 a 31 de maio, em três supermercados, feiras e açougues da Capital. A queda do valor da cesta básica em Cuiabá em maio, em relação a abril, foi de 4.94%.

De acordo com o consultor econômico da KGM, Maurício Munhoz, responsável pela pesquisa, “a cesta básica de maio está sendo apontada pelo Dieese e pelo governo federal como a mais barata dos últimos 24 anos, levando em conta que na média das capitais pesquisas, o trabalhador pôde adquirir os 13 itens considerados como essenciais com menos de 50% dos salário mínimo, que é de R$ 350”.

Em Cuiabá, acrescenta Munhoz, a cesta básica de maio custou em média 45% do salário mínimo. “Isso, no entanto, não resolve o problema de Mato Grosso ser campeão nacional na produção de alimentos e ainda ter que pagar tão caro pela alimentação”, sustenta ele.

No preço global, a deflação dos gêneros de primeira necessidade em Cuiabá foi a maior registrada no País, já que entre as 16 capitais pesquisadas pelo Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese), o Rio de Janeiro teve a maior deflação (-3,83%), enquanto que a cidade do Recife (PE) teve a maior alta, na proporção de 5,62%.

Com o resultado de maio, Cuiabá caiu para a 8ª cesta básica mais cara do País, tendo preços menores que cidades como São Paulo, Porto Alegre, Rio de Janeiro, Brasília, Curitiba, Belo Horizonte e Florianópolis. Cuiabá já chegou a terceira mais cara do país em março.

A maior influência na redução dos preços da cesta cuiabana foi registrada pela banana nanica (-32%) manteiga (-27,4%) e batata (-20,6%), enquanto subiram itens como arroz (12,6%), óleo de soja (6,8%) e café (8,6%).

A KGM Soluções Institucionais adota a mesma metodologia do Dieese para realizar a pesquisa de cesta básica em Cuiabá, o que permite a comparação com as demais capitais brasileiras pesquisadas pela Instituição.





Fonte: Diário de Cuiabá

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://reporternews.com.br/noticia/296135/visualizar/