Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Cidades/Geral
Sábado - 15 de Maio de 2004 às 12:57
Por: Moisés Portugal

    Imprimir


Em parceria com os conselhos tutelares e vários órgãos municipais e estaduais, a Prosol e a Setec vêm realizando em todo o Estado uma série de eventos alusivos ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, que será comemorado no dia 18 de maio, conforme instituiu a lei federal 9.970.

A intenção é destacar a data para mobilizar e convocar toda a sociedade a participar dessa luta de prevenção e combate à violência sexual contra crianças e adolescentes. “Ninguém está livre de ser atingido por essa situação”, explica Maria Aparecida Lima de Souza, gerente do Núcleo da Juventude da Diretoria de Promoção Social.

“É preciso formar uma consciência nacional para denunciar e romper com esse ciclo de violência e proteger as crianças e adolescentes brasileiros que, vulneráveis, sofrem danos irreparáveis para o desenvolvimento físico, psíquico, social e moral”, acrescenta.

A gerente do Núcleo da Juventude alerta que “esses danos podem trazer conseqüências muito penosas nas vidas das crianças e adolescentes”, citando como exemplo o uso de drogas, a gravidez precoce indesejada, distúrbio de comportamento, condutas anti-sociais e infecções por doenças sexualmente transmissíveis.

Para o presidente da Prosol, professor Silvio Fidélis, “grave como a violência é o muro do silêncio que cerca essa situação, construído pela indiferença da sociedade e pela cultura da impunidade dos agressores, o que se constitui em nova forma de violação às suas vítimas”.

Ele ressalta, porém, que essa conjuntura vem sendo enfrentada com seriedade em Mato Grosso e no Brasil. “Diversos setores da sociedade e do Governo assumiram com coragem e determinação esta luta contra a violação dos direitos humanos”, afirma.

A programação alusiva ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes teve início na terça-feira, com uma sessão especial na Assembléia Legislativa, onde foi lançado o livro “Juventude e Sexualidade”, de Mary Garcia Castro, Miriam Abramovay e Lorena Bernadete da Silva.

Durante a semana foram realizadas várias atividades, dentre as quais, mobilização nas escolas públicas, particulares e universidades, com o propósito de discutir o problema, panfletagem em período integral em todos os postos da Polícia Rodoviária Federal (PRF), e o 2º Jogos de Integração de Atividades Lúdicas entre ONG`s, realizado no campo do 44º Batalhão de Infantaria Motorizada.

Nesta terça-feira (18.05) serão feitas apresentações culturais e panfletagem na praça Alencastro, em Cuiabá, e na praça Nossa Senhora do Carmo, em Várzea Grande, durante o dia inteiro, encerrando a programação do Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

Vale salientar que vários municípios mato-grossenses participaram da mobilização nacional, por meio da rede de proteção, com o apoio da Setec, Prosol e dos órgãos governamentais e não-governamentais.




Fonte: Secom - MT

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://reporternews.com.br/noticia/383633/visualizar/