Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Cidades/Geral
Terça - 04 de Maio de 2004 às 15:57
Por: Maria Barbant

    Imprimir


O secretário adjunto de Segurança Pública, coronel Orestes Teodoro de Oliveira participou na última segunda-feira (03.05), em Poconé, de audiência pública na Câmara Municipal onde foram debatidas questões ligadas à segurança pública no município. A iniciativa partiu de um grupo de vereadores, liderados pelo presidente da Câmara Municipal, Nei Rondon. O grupo, desde o final da semana passada, já havia se reunido na Secretaria de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), com o secretário adjunto de Justiça e do Sistema Prisional, Sebastião Ribeiro da Silva Filho e o deputado estadual, João Malheiros, para discutir as dificuldades do município.

De acordo com os vereadores, nos últimos meses, o município vem sofrendo com o aumento da violência na região. Para conter a criminalidade, os vereadores protocolaram uma solicitação junto à Secretaria, no sentido de que seja aumentado o efetivo da Polícia Militar na região, que conta hoje com 18 homens; enviadas viaturas adequadas para atender a demanda local e seja providenciada a mudança da sede da Companhia da PM, além da reforma da Cadeia Pública e Delegacia, que possuem problemas estruturais na parte elétrica e hidráulica.

Poconé, com pouco mais de 30 mil habitantes, tem sua economia baseada na pecuária e extração de ouro sendo alvo constante de assaltos. Para se proteger, garimpeiros e casas de compra e venda de ouro estão contratando seguranças particulares.

Em Poconé, o coronel Orestes Oliveira visitou as instalações da Companhia de Policiamento Ambiental, o Pelotão e Destacamento da Polícia Militar e Delegacia de Polícia Judiciária Civil, para constatar as necessidades do município.

AUDIÊNCIA PÚBLICA – Na audiência pública, da qual participaram o responsável pelo comando do Pelotão da PM e delegados da PJC, o comandante do 4º Comando Regional da PM, tenente coronel Joselito Espírito Santo de Paula, informou sobre as atividades de policiamento que vem sendo desenvolvidas no município, o que vem resultando numa redução dos índices de criminalidade na região. “Temos procurado empregar de modo racional os recursos a nossa disposição enquanto aguardamos a conclusão do Curso de Formação de Soldados que irá atender em parte o pleito do município”, explicou ele.

Outra medida emergência determinada pelo Comando Geral da PM foi a designação de um comandante para o Pelotão na região a fim de melhorar o desenvolvimento das atividades e integração com a Polícia Judiciária Civil, que também designou um delegado para região.“Já estamos encaminhando as reivindicações de Poconé e, dentro das possibilidades do Governo do Estado e da Secretaria, elas serão agilizadas”. Orestes Oliveira disse ainda que as reformas necessária na cadeia e delegacia locais já fazem parte das prioridades elencadas pela Sejusp, assim como o incremento da estrutura logística na região.

Com relação à construção da nova sede do Pelotão da PM, o secretário adjunto vai sugerir que seja incluída entre as dez construções de Companhias de Polícia Comunitárias autorizadas pelo Governo do Estado. Essas companhias ainda não tiveram locais definidos.

“Existe a possibilidade de ser construído um complexo integrado visando comportar as polícias militar e civil, num terreno que foi doado pelo município à PM. Essas propostas serão estudas pelo Secretario de Justiça e Segurança Pública junto com o Governo do Estado, para determinar a mais viável”, disse o coronel.

Com relação ao distrito do Chumbo, um ponto considerado crítico em função da desativação do destacamento que lá existia, e onde a colheita da cana atrai uma grande quantidade de trabalhadores braçais, num prazo de 20 dias, vereadores e empresários locais irão reformar as instalações da PM e o 4º CRPM irá disponibilizar o efetivo para atender a região.




Fonte: Secom - MT

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://reporternews.com.br/noticia/384082/visualizar/