Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Economia
Sexta - 23 de Abril de 2004 às 09:00
Por: Rosi Medeiros/Jairo Santana

    Imprimir


O governador Blairo Maggi confirmou nesta quinta-feira (22.04) a participação no próximo dia 11 de maio, no Ministério das Relações Exteriores (Palácio do Itamaraty), em Brasília, do lançamento do Amazontech, cuja edição deste ano será realizada em Cuiabá, no Centro de Eventos do Pantanal, no período de 16 a 21 de agosto.

A Amazontech é uma vitrine de oportunidades e potencialidades de negócios, com a finalidade de absorver novos mercados e promover o intercâmbio de tecnologias e conhecimentos para o desenvolvimento sustentável da Amazônia. Participam desta quarta edição, nove Estados da Amazônia Legal e outros oito países, que têm parte de seus territórios na região Amazônica.

O governador esteve reunido com a diretoria do Sebrae em Mato Grosso e o presidente da Embrapa Clayton Campanhola, para discutir a realização do evento. Blairo Maggi confirmou também a sua participação no lançamento regional do Amazontech em Cuiabá, no dia 17 de maio, às 10h, no Centro de Eventos do Pantanal. “Nós o convidamos e ele aceitou proferir uma palestra durante a realização do evento, em agosto”, disse José Guilherme Barbosa Ribeiro.

Blairo Maggi solicitou aos organizadores do evento, a participação das comunidades indígenas. “Gostaríamos muito que os índios pudessem também colocar suas questões”, ressaltou o governador. A proposta foi imediatamente aceita pelos organizadores. O Governador destacou as ações que o Estado tem desenvolvido, de acordo com interesse das comunidades indígenas, para melhoria da qualidade de vida nas aldeias.

Para Clayton Campanhola, presidente da Embrapa, parceira do Sebrae na promoção do Amazontech 2004, a realização do evento em Mato Grosso é oportuna, já que o agronegócio tem papel relevante no Estado. “Em primeiro lugar, porque as tecnologias desenvolvidas pela Embrapa (soja, algodão, principalmente) são utilizadas de forma intensa em Mato Grosso neste Estado e, também, pelo fato de ser parte da Floresta Amazônica”.

Segundo o presidente da Embrapa, estas duas condições lançam para os organizadores do Amazontech o desafio de desenvolver, não apenas em Mato Grosso, mas em toda a Amazônia Legal, de desenvolver uma agricultura auto-sustentável. “Promover o equilíbrio com o meio ambiente. É possível agricultura forte e ter preocupação com a biodiversidade. Conciliar as duas questões e valorizar ainda mais a agricultura com isso”, destacou. “O Amazontech é uma oportunidade para se debater essas questões e, ainda, para mostrar para a população, em especial a urbana, o que a Embrapa pode oferecer para a sociedade brasileira”.





Fonte: Redação/Secom - MT

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://reporternews.com.br/noticia/385188/visualizar/