Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Educação/Vestibular
Terça - 13 de Abril de 2004 às 12:14
Por: Sônia Ferreira/Aluizio Azevedo

    Imprimir


Criado para discutir as questões educacionais para os próximos três anos do governo Blairo Maggi, o Grupo de Trabalho da Educação (GT) está parado por falta de indicação dos representantes do Sindicato dos Trabalhadores e Professores da Educação Pública (Sintep). O prazo estipulado para que todas as entidades representativas enviassem os nomes dos seus representantes era o último dia 30 de Março.

De acordo com ofício enviado à Secretaria de Estado de Educação, a diretoria do Sindicato não pode encaminhar os nomes dos representantes, porque a instância que elegem as suas representações somente ocorrerá apenas nos próximas dias 01 e 02 de maio.

“O grupo não poderá deliberar até maio, como estava previsto, pois precisamos da assinatura de todos os representantes”, ressalta a secretária de Educação, Ana Carla Muniz, enfatizando que a próxima reunião marcada para o dia 12 de abril, será comprometida já que o Sindicato ainda não indicou os seus membros.

O GT foi criado pelo governo do Estado por meio da Seduc, Secretaria de Administração (SAD), Procuradoria Geral do Estado (PGE), Assembléia Legislativa (AL), Conselho Estadual de Educação (CEE), juntamente com os dois Sindicatos representantes dos profissionais da educação (Sintep e Sipros).

Ao todo serão 20 profissionais que irão compor o GT, sendo quatro representantes da Seduc, dois da Sad, dois da PGE, dois da AL, dois do Sipros, dois do Sintep, dois do CEE, um da Casa Civil; e um da Associação Mato-grossense dos Estudantes (Ame).




Fonte: Redação/Secom - MT

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://reporternews.com.br/noticia/386233/visualizar/