Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Policia MT
Quarta - 29 de Outubro de 2014 às 10:29

    Imprimir


Banco não informou quando foi roubado, mas com a ação criminosa, Ribeirãozinho ficará temporariamente sem atendimento bancário
Banco não informou quando foi roubado, mas com a ação criminosa, Ribeirãozinho ficará temporariamente sem atendimento bancário

A agência do Banco do Brasil em Ribeirãozinho (545 km de Cuiabá) foi destruída na madrugada de ontem (28) durante uma ação para explodir um dos terminais de saques de dinheiro. A ocorrência foi registrada por volta das 3 horas, quando bananas de dinamites foram colocadas no local e detonadas. Além da destruição, os bandidos ainda dispararam tiros para o alto para intimidar uma possível ação da Polícia Militar. 


Segundo moradores vizinhos ao banco, três veículos com cerca de sete pessoas foram vistos deixando o local logo após a detonação dos explosivos. O rastro de destruição no prédio da agência foi total, com danos no terminal, ares-condicionados e parte da estrutura do prédio.

A Polícia Militar esteve no local, realizou rondas, mas os bandidos conseguiram fugir sem deixar pistas. A suspeita é que se trata de uma quadrilha que já vem atuando em Mato Grosso, já que outros terminais tinham sido alvo, dois em Barra do Garças e um em Araguaiana.

“Acordamos com a explosão. Foi um barulho muito alto. Parecia que a cidade estava sendo bombardeada”, disse um morador que não quis ser identificado. Ainda segundo esse morador, os bandidos deixaram a cidade ameaçando atirar em quem ousasse enfrentá-los. “Ninguém sai de casa, senão vamos matar todo mundo. Estamos com fuzis e vamos matar”, bradava os elementos, informou a testemunha.

Em meio aos destroços, a Polícia Militar encontrou cápsulas calibre 12 (escopeta), pistolas 0.40 e 9mm, espalhadas, já que vários disparos foram efetuados para evitar a aproximação da própria polícia e afastar possíveis curiosos.

SEM BANCO

Com a ação, a cidade de Ribeirãozinho ficará sem atendimento bancário temporariamente. A agência mais próxima está localizada em Torixoréu, distante 50 km do local onde ocorreu a explosão.

Uma equipe da Polícia Técnica de Barra do Garças (Politec) se deslocou

ontem mesmo para Ribeirãozinho e iniciou os trabalhos de pericia no local. O banco não informou quantos reais a quadrilha conseguiu levar. 





Fonte: Do DC

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://reporternews.com.br/noticia/403464/visualizar/