Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Nacional
Sexta - 27 de Setembro de 2013 às 09:24

    Imprimir


O Plano Diretor de Transportes Urbanos (PDTU) do Rio de Janeiro aponta que, em dez anos, a população do Estado segue na direção contrária da tendência mundial, que é trocar o transporte individual pelo transporte público. Na capital fluminense, entre 2002 e 2012, a proporção de usuários a optarem pelo deslocamento individual motorizado (táxis, motocicletas e carros particulares) aumentou de 25,8% para 28,5%, e a dos que usam o coletivo caiu de 74,2% para 71,5%. As informações são do jornal O Globo.


 
Na quarta-feira, a primeira reunião do Conselho Municipal de Transporte, discutiu os problemas atuais do transporte coletivo da cidade. Dados preliminares revelam que a curva crescente de uso do transporte individual está enchendo as ruas da região metropolitana de carros. Em dez anos, segundo a pesquisa, foram feitas 660 mil viagens diárias em transporte individual, sendo 500 mil de carro e 110 mil em motocicletas. No mesmo período, a população cresceu 9.3 %.


 
A população que ganha até dois salários mínimos reúne o maior percentual dos que perdem duas horas ou mais cada vez que saem de casa para ir ao trabalho. Especialistas apontam que o aumento do poder aquisitivo da população, aliado a políticas públicas como a concessão de incentivos fiscais para montadoras de automóveis e no preço da gasolina, favorece o aumento do número de carros nas ruas.

 
 
Os dados do PDTU ainda não entraram na fase de proposta de indicadores a serem alcançados e de iniciativas para mudar o panorama atual. Ao jornal, o secretário municipal de Transportes, Carlos Roberto Osorio, disse que a prefeitura já está investindo para estimular o uso do transporte público, com o BRT e o BRS.




Fonte: Terra

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://reporternews.com.br/noticia/8551/visualizar/