Repórter News - reporternews.com.br
Saúde
Quinta - 19 de Março de 2009 às 09:52
Por: Lucélia Andrade

    Imprimir


O setor de Endemias de Tangará da Serra registrou o oitavo caso suspeito de dengue hemorrágica nesta semana. A pessoa foi internada na noite da última terça-feira na Clínica da Criança apresentando sintomas da doença. O caso foi registrado no bairro Vila Goiânia. No último dia 11, quarta-feira, uma criança de cinco anos foi internada também na mesma clínica sob suspeita da doença. No entanto, ela já recebeu alta e se recupera em casa, no bairro Vila Santa Terezinha. Os demais casos suspeitos da dengue foram registrados no Dona Júlia, Jardim Tapirapuã e dois deles no Santa Terezinha, sendo que em um dos casos a vítima morreu.

O resultado dos exames que comprovam se a dengue é ou não do tipo hemorrágica ainda não foram enviados para o setor pelo MT Laboratório. Ainda ontem agentes da dengue visitaram o bairro onde foi notificada a doença, para realizarem o levantamento afim de procurar o foco do mosquito. Segundo a coordenadora do setor, Maria do Carmo Lima, o veneno é aplicado em todas as residências do bairro. O inseticida para acabar com o mosquito transmissor e o larvicida para matar as larvas.

O aumento da dengue no município preocupa a saúde pública principalmente o setor de Endemias que controla a doença. Segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá, de janeiro até agora foram notificados 13 casos de dengue hemorrágica, sendo que duas crianças morreram. Na capital há aproximadamente 500 mil habitantes. E em Tangará da Serra com uma população a cerca de 80 mil, o número sobe consideravelmente e coloca em alerta a saúde pública.

O setor de Endemias do município faz a sua parte. Mas segundo a coordenadora se a população não se conscientizar e manter seus quintais limpos longe do mosquito transmissor da doença, nada adianta o trabalho dos agentes. Nos últimos dias, os dois mutirões que foram realizados, recolheram 42 toneladas e 240 quilos de lixo, o equivalente a 32 caminhões em vários bairros. O objetivo seria coletar objetos que pudessem armazenar água tornando criadouro para o mosquito. O trabalho foi realizado e desenvolvido pela Secretaria Municipal de Saúde de Tangará da Serra, através da Vigilância em Saúde Ambiental/Endemias, juntamente com voluntários, somando aproximadamente 150 pessoas no combate a dengue.

Em todos os 17 bairros visitados pela equipe contra a dengue, foram vistoriados 9.674 imóveis.





Fonte: Diário da Serra

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/163078/visualizar/