Repórter News - reporternews.com.br
Economia
Segunda - 30 de Junho de 2008 às 20:17

    Imprimir


A partir de amanhã (1º) o preço do querosene de aviação (QAV) subirá 3,7% para as distribuidoras de combustíveis, segundo informou hoje (30) a assessoria de imprensa da Petrobras. No ano, o combustível – que responde por cerca de 30% a 40% dos custos das companhias áreas – já subiu 34,76%.

O preço do QAV é reajustado mensalmente, para cima ou para baixo, pela Petrobras, com base no comportamento do dólar, do preço do barril do petróleo no mercado externo, mas também tendo como parâmetro o custo do produto vendido pelos principais concorrentes, dentro e fora do país.

Outro combustível reajustado mensalmente pela Petrobras, o óleo combustível, no entanto, não será reajustado agora em julho, segundo a Petrobras.

Em 1º de junho o preço do QAV já havia subido 8,7%. De janeiro a junho deste ano só houve um reajuste para baixo no preço do combustível. Em março, houve queda no preço do derivado para as distribuidoras em 0,2%. Em abril, porém, o preço do QAV voltou a subir: 10,4%.

Já o preço da nafta – insumo petroquímico, que também é reajustado quase que mensalmente, pela Petrobras – permanecerá inalterado até que a diretoria da estatal defina pelo reajuste – o que ainda não aconteceu.

Em junho passado, os consumidores do Rio de Janeiro também sofreram aumento no preço do Gás Natural Veicular (GNV), que passou a custar para os motoristas 0,79% mais caro, enquanto o Gás Liquefeito do Petróleo (GLP) – o conhecido gás de cozinha – sofreu alta de 0,23%.

Os novos aumentos já foram definidos pela Agência Reguladora de Energia e Saneamento Básico do Estado do Rio de Janeiro (Agenersa).





Fonte: Agência Brasil

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/177580/visualizar/