Repórter News - reporternews.com.br
Politica Brasil
Sábado - 17 de Maio de 2008 às 10:01
Por: Pollyana Araújo e Romilson Dou

    Imprimir


O deputado federal Pedro Henry, cacique do PP no Oeste mato-grossense, resolveu "jogar pesado" para reeleger o irmão Ricardo prefeito de Cáceres. Após garantir uma série de recursos junto ao governo Estado e por meio de emendas ao Orçamento-Geral da União, o parlamentar orientou o prefeito no sentido de espalhar obras pelos bairros até então abandonados e, numa nova investida, vai até se licençar da Câmara, a partir de junho, especialmente para se dedicar à campanha por novo mandato do irmão. A maioria dos R$ 8 milhões a que Henry tem direito de emendas junto ao OGU-2008 foi para Cáceres.

A reeleição será o principal trunfo para recuperação da popularidade dos Henry. O deputado está com o mandato cassado por compra de votos no pleito de 2006. Ele se mantém no cargo, porém, por causa de uma liminar obtida no TSE. Henry carrega ainda nos ombros o desgaste por ter o nome envolvido em escândalos, como do mensalão e sanguessugas. A situação jurídica do prefeito também não é das melhores. Ele enfrenta várias denúncias de atos de improbidade e até ação criminal. A última foi motivada porque tentou tirar proveito de um concurso público para se autopromover.

A idéia de Pedro Henry, que ajuda o irmão do controle da mídia local, é deixar Brasília no decorrer dos 3 meses de campanha eleitoral para reverter a desvantagem em Cáceres. Se as eleições fossem hoje, o ex-prefeito Túlio Fontes (DEM) seria reeleito, conforme revelam as últimas pesquisas. Ainda estão no páreo, além de Ricardo e Túlio, o vereador Wilson Kishi (PDT) e o empresário Francis Maris (PMDB).

Vaga na Câmara

Pedro Henry ainda não decidiu se amplia ou não o prazo de afastamento. Se superar a 120 dias, abre-se vaga para o terceiro suplente, ex-deputado federal Rogério Silva (PP), que teve 41.166 votos pela coligação Mato Grosso Unido e Justo (PP e PFL, hoje DEM). Os outros primeiros suplentes Chico Daltro e Celcita Pinheiro não demonstram interesse na cadeira. Eles estão em outros postos. Daltro é secretário estadual de Ciência e Tecnologia, enquanto a viúva do ex-senador Jonas Pinheiro conduz a pasta de Assistência Social de Cuiabá. Rogério Silva, que seria o contemplado, é um dos pré-candidatos a prefeito de Alta Floresta.





Fonte: RD News

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/180426/visualizar/