Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Economia
Segunda - 21 de Janeiro de 2008 às 18:10

    Imprimir


Os quase 90 mil clientes rurais da Cemat começam a receber em janeiro o calendário de leitura rural 2008, que facilita o registro mensal do consumo de energia elétrica pelo próprio cliente. A cada mês, no dia indicado no calendário, basta que o consumidor vá até o padrão e anote no cupom destacável os números ou a posição dos ponteiros indicada no medidor. Em seguida, ele deve informar os dados à Cemat, entregando o ticket em uma agência comercial da concessionária ou ligando, gratuitamente, para o Centro de Atendimento ao Cliente (CAC), no 0800 64 64 196.

Antes de haver a possibilidade do consumidor registrar a leitura, ela era feita a cada três meses por um eletricista da Cemat - de acordo com resolução da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Nos outros meses, a conta era faturada pela média do consumo, podendo gerar uma compensação nas faturas seguintes, caso o consumo real fosse inferior ou superior ao valor médio. Informando a leitura corretamente, o cliente evita essa necessidade, pois a fatura de cada mês vai refletir exatamente o consumo que ele mediu.

"O principal benefício da entrega do calendário para o consumidor é o faturamento preciso da conta de energia, evitando a compensação do consumo de um mês para o outro. Mas é preciso ressaltar que o cliente não é obrigado a fazer essa leitura", explica o superintendente Comercial da Cemat, Virgílio Costa.

"O calendário rural fará do consumidor um parceiro da empresa, trazendo vantagens para os dois lados", destaca Virgílio. Ele lembra que, mesmo se o cliente realizar a leitura, uma equipe da empresa visitará a unidade consumidora periodicamente, conforme determinação legal.

O calendário já começou a ser distribuído pelos leituristas da Cemat, sem custos para o consumidor. Além das informações sobre a leitura do medidor, ele também traz dicas de segurança com energia elétrica no campo.




Fonte: 24 Horas News

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/189478/visualizar/