Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Nacional
Quinta - 22 de Novembro de 2007 às 22:11

    Imprimir


A Coordenadoria Regional Sul, subordinada à Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo, informou que instaurou nesta quinta-feira (22) processo administrativo interno para verificar as circunstâncias da morte de um aposentado de 62 anos em um posto médico da Zona Sul. Testemunhas afirmam que houve demora no atendimento.

De acordo com vizinhos da vítima, o homem chegou ao posto do bairro Cidade Julia pela manhã, dizendo que estava passando mal. “Ele contou que tem problema de pressão. O pessoal da recepção achou que estava bêbado e mandou esperar num banco, do lado de fora”, afirmou uma vizinha, que não quis se identificar.

Segundo ela, o homem começou a vomitar e só então um médico apareceu e mediu o pulso do paciente. “Aí ele viu que o homem estava passando mal. Chamaram o Samu (ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), mas não deu mais tempo”, contou.

Pronto atendimento

Por meio de nota, a Secretaria municipal de Saúde informou que o aposentado chegou com “sintomas de dor no peito e foi imediatamente avaliado por um dos médicos da equipe, que relatou haver tomado medidas de urgência para o caso apresentado”.

Segundo o comunicado, a ambulância foi acionada, mas “o quadro clínico evoluiu durante o processo de atendimento, quando o paciente apresentou parada cardíaca”. Os médicos ainda tentaram ressucitar o aposentado com “medicamentos e equipamentos”.

De acordo com a secretaria, o homem chegou ao posto médico por volta de 11h30 e sua morte foi atestada às 13h15. A vizinha da vítima disse que todos ficaram revoltados porque até as 16h30 o corpo ainda não havia sido removido. “Foi negligência”.

Durante o processo administrativo, serão ouvidos funcionários do posto e e outras testemunhas para saber se “todos os procedimentos adotados foram corretos”. O posto atende cerca de 12 mil pessoas por dia.




Fonte: G1

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/197303/visualizar/