Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Saúde
Terça - 29 de Maio de 2007 às 13:51

    Imprimir


Um novo método de diagnosticar a hepatite A através da saliva foi desenvolvido por uma pesquisadora do Instituto Oswaldo Cruz, do Ministério da Saúde. Atualmente, o diagnóstico da doença é feito com um exame de sangue.

A biomédica e mestre em ciências Luciane Amado, responsável pela inovação, diz que a grande vantagem do novo método é ser menos doloroso do que a coleta de sangue. Segundo ela, a detecção da doença é importante durante a ocorrência de surtos, quando é necessário confirmar os diagnósticos.

A pesquisadora explica que, com o método atual, de retirada do sangue, muitas pessoas se recusam a fazer os exames, o que dificulta o controle da epidemia pelas autoridades de saúde. O que não deve acontecer com o novo método, de coleta de saliva.

"A importância de detectar o vírus nessas amostras é investigar o surto. Ou seja, você pode esclarecer, por exemplo, que vírus está circulando, o genótipo do vírus, a fonte de transmissão da doença. Isso facilita conter o surto. Se você conseguir diagnosticar precocemente a doença, pode controlar mais facilmente o surto", disse.

A pesquisadora começou a desenvolver a nova forma de detectar o vírus durante um surto de hepatite ocorrido na cidade do Rio de Janeiro, em 2005. Segundo ela, a hepatite é uma doença que provoca dores abdominais, de cabeça e cansaço, podendo resultar inclusive na morte dos pacientes.





Fonte: Agência Brasil

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/224771/visualizar/