Repórter News - reporternews.com.br
Saúde
Sexta - 11 de Maio de 2007 às 19:12

    Imprimir


O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, disse nesta sexta (11), no Rio, durante um encontro com secretários de Saúde de municípios da Baixada Fluminense, que recebeu da mãe um pedido para não abordar o tema aborto.

Temporão se reuniu com secretários de Saúde na manhã desta sexta. (Foto: Dório Victor/G1)“Minha mãe me telefonou pedindo para eu não falar sobre isso com o Papa já que há temas mais importantes para serem tratados. Ela, que tem 89 anos e é católica, me deu um puxão de orelha”, afirmou, ao responder se estava "proibido" de falar sobre o assunto durante a visita do Papa ao Brasil.

Temporão declarou que a população brasileira deverá ter maturidade e discernimento para enfrentar o problema do aborto no país.

“Temos outros assuntos importantes para tratar aqui no Brasil, como o combate à fome. Também queremos discutir com o Papa sobre a distribuição gratuita de medicamentos para aidéticos, da qual tivemos apoio de Bill Clinton (ex-presidente dos EUA). Mas é evidente que a sociedade brasileira deverá refletir com muita maturidade e discernimento sobre esta questão (do aborto) para podermos tratar deste problema”, disse.

O encontro de secretários da Saúde de municípios da Baixada Fluminense começou por volta das 10h, e deve terminar no início da tarde desta sexta-feira (11). O evento contou com a presença do secretário estadual de Saúde, Sérgio Côrtes.

Dentre os temas tratados no encontro estão o Consórcio Intermunicipal de Saúde da Baixada Fluminense, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e as condições da rede hospitalar da região.




Fonte: G1

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/228128/visualizar/