Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Politica Brasil
Quarta - 14 de Fevereiro de 2007 às 05:51

    Imprimir


O novo presidente da Assembléia, deputado Sérgio Ricardo (PPS), disse nesta terça à noite, em entrevista ao vivo ao Terceiro Mundo, da TV Record Canal 10, que vai estar envolvido nas discussões sobre à sucessão em Cuiabá no próximo ano. Ele insinuou que poderá até concorrer, de novo, a prefeito. Sérgio fez mistério sobre o futuro partidário. Enfatizou que recebeu convite do governador Blairo Maggi e do deputado federal Wellington Fagundes para aderir ao PR e que está avaliando essa possibilidade. No fundo, o que o deputado reivindica é a direção do Partido da República em Cuiabá. Dessa forma, traria para si o poder de articulação tanto em relação à candidatura quanto à política de alianças.

"Eu preciso saber e entender qual é o meu papel político, onde estou ou vou estar", comenta Sérgio, que nega barganha. Ele conta que tem projeto político e, enquanto estiver na vida pública, vai buscar conquistar todos os espaços que achar conveniente. "Vou disputar, dentro daquilo que é permitido, todos os espaços, inclusive essa questão partidária passa pelo entendimento e pela minha participação em 2008. Vou estar muito vivo e o meu eleitorado vai estar comigo nas eleições".

Perguntado sobre a administração do prefeito Wilson Santos, seu adversário nas urnas de 2004, Sérgio ponderou que o próprio Santos gostaria que o governo estivesse melhor. Lembra que o tucano se deparou com uma realidade difícil e, para complicar a situação, o orçamento da Capital não é suficiente para atender todas as demandas. "Tenho ceteza que o Wilson é cheio de boas intenções, é um homem que gosta de Cuiaba. É um prefeito que está fazendo de tudo para acertar".

Sérgio evitou responder a pergunta se apoiaria Santos à reeleição. Disse que o momento não é de declinar preferência ou de discutir projeto de poder, mas sim projeto de planejamento. "Quero discutir o Projeto Cuiabá - 300 Anos", que vamos começar a debater com os vários segmentos. Vamos rechaçar aqueles que estão falando em ser candidato apenas por projeto de poder. É preciso discutir o desenvolvimento de Cuiabá."




Fonte: RD News

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/242153/visualizar/