Repórter News - reporternews.com.br
Meio Ambiente
Segunda - 12 de Fevereiro de 2007 às 07:53

    Imprimir


O Brasil pode dominar até 2009 uma forma de obtenção da energia contida no bagaço e na palha da cana-de-açúcar, segundo um professora da Universidade de Campinas (Unicamp). Com o aquecimento global, a obtenção do álcool de celulose tem uma importância estratégica grande.

"No caso do Brasil, onde há uma situação privilegiada de custo de matéria-prima, existem grandes chances de viabilizar a hidrólise ácida comercialmente de dois a cincos anos" afirmou Carlos Rossell, do Núcleo Interdisciplinar de Planejamento Energético (Nipe) da Unicamp.

Para o especialista, o País está em uma posição mais vantajosa até do que os Estados Unidos na produção dos biocombustíveis. Uma das dificuldades atuais na fase da hidrólise da celulose é evitar o surgimento de substâncias que depois vão dificultar o processo de fermentação, de acordo com o jornal Folha de S.Paulo.

Pelos cálculos de Rossell, a hidrólise poderá ajudar o País na produção de etanol, sem ter de aumentar muito a área plantada. O modelo dele emprega como base uma destilaria capaz de produzir de um milhão de litros ao dia.





Fonte: Terra

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/242609/visualizar/