Repórter News - reporternews.com.br
Internacional
Domingo - 16 de Julho de 2006 às 06:20

    Imprimir


O ministério das Relações Exteriores da Coréia do Norte ameaçou neste domingo intensificar sua "força bélica de dissuasão", em uma resposta irritada à resolução do Conselho de Segurança da ONU, que no sábado condenou os testes de mísseis do país. "Nossa República reforçará sua força dissuasiva militar de autodefesa de todas as formas possíveis e por todos os meios e métodos, agora que a situação chegou a seu pior estágio devido ao ato extremamente hostil dos Estados Unidos", afirma um comunicado da chancelaria norte-coreana divulgado pela agência oficial KCNA. A secretária de Estado americana, Condoleezza Rice, declarou neste domingo que a resolução do Conselho de Segurança obrigará os norte-coreanos a retornar às negociações. "É uma resolução magnífica, com um voto afirmativo dos chineses", comemorou Rice em São Petersburgo (Rússia), onde participa na reunião de cúpula do G8. "No final, a Coréia do Norte não terá outro remédio a não ser voltar para a mesa de negociacções", acrescentou Rice.

O Conselho de Segurança da ONU aprovou no sábado, por unanimidade, uma resolução de condenação à Coréia do Norte pelos testes de mísseis no dia 5 de julho.




Fonte: EFE

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/289017/visualizar/