Repórter News - reporternews.com.br
Politica Brasil
Sábado - 20 de Maio de 2006 às 13:36

    Imprimir


O esquema de desvio de recursos do orçamento em favor da empresa Planam na compra de ambulâncias para prefeituras teria envolvido uma senadora do PT conforme documentos enviados pela Justiça Federal do Mato Grosso à Corregedoria do Senado. Serys Slhessarenko (PT-MT) apareceria nas planilhas da Planam e seria citada por dois prefeitos como intermediadora da compra de ambulâncias para duas cidades do Estado. Nos dados dos computadores da empresa, ela apareceria com "créditos a receber".

A senadora negou envolvimento com a empresa e disse fazer questão que o assunto seja investigado pela Polícia Federal. "Só pode ser algum equívoco. Parece uma tática de Al Capone, de jogar muita gente para não investigar nada", afirmou a senadora. "Se eu não era senadora, como posso aparecer na lista?", questionou.

Apesar das justificativas, Serys e o líder do PMDB, Ney Suassuna (PB), que teve dois assessores de seu gabinete presos pela PF na "Operação Sanguessuga", serão investigados pela Corregedoria do Senado.

O corregedor da Casa, Romeu Tuma (PFL-SP), disse ainda não ter lido a documentação remetida pela Justiça do Mato Grosso, mas adiantou que o caso será apurado.





Fonte: 24 Horas News

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/299921/visualizar/