Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Esportes
Terça - 24 de Janeiro de 2006 às 15:09

    Imprimir


Uma noitada que será o maior acontecimento da história do vale-tudo em Mato Grosso, terá um palco à sua altura. A comissão organizadora do Pantanal Combat, que conta com apoio do Governo do Estado através das secretarias de Esportes (Seel), Cultura e Turismo acaba de confirmar o estádio Verdão como o local do evento que acontecerá no dia 10 de fevereiro e terá como principal atração luta envolvendo o mato-grossense Lino Barros, pela defesa do cinturão Mundo Hispânico.

A confirmação do estádio Verdão como palco da competição ocorreu na tarde desta segunda-feira (23.01), após uma reunião envolvendo o promotor do evento, Marcelo Tetel, o secretário de Esportes do Estado, Baiano Filho, Jéferson de Castro, da Casa Civil e o sub-secretário de Esportes, Laércio de Arruda.

Ao justificar o apoio da Seel ao evento, Laércio de Arruda observou que “este será um acontecimento para marcar a comemoração dos 30 anos do Verdão, com muita pompa. O secretário Baiano Filho prestará seu apoio e espera que esta noitada seja histórica e mais um grande presente à população cuiabana”.

Por ser um evento que envolverá três secretarias, o Pantanal Combat terá mais atrações do que as sete lutas de vale-tudo e a grande final de boxe entre os cruzadores Lino Barros e o nicaraguense Valter Palacius (radicado nos EUA). Os organizadores já trabalham na programação de um espetáculo com uma série de apresentações culturais e regionais.

Uma equipe da Seel vai montar um palco especial sobre o fosso do estádio, com localização frontal ao setor de cadeiras. A organização garante que haverá visibilidade satisfatória para um público de aproximadamente 10 mil pessoas posicionado nas arquibancadas cobertas. Para garantir mais conforto e detalhes, serão instalados quatro telões em pontos estratégicos. Esta é a primeira vez que o Verdão será especialmente preparado para um evento desta natureza.

A Seel vai entrar de cabeça na promoção, mas exigiu o repasse de 40% da arrecadação para ações sociais no Estado. “Não justifica o Governo prestar apoio para um evento desta magnitude, se não houver qualquer benefício para o lado social”, observou Laércio. Os promotores concordaram plenamente com a idéia.

A programação do Pantanal Combat prevê lutas de alto nível, com a apresentação de alguns dos maiores lutadores do Brasil. Um deles é o consagrado lutador de muai-tai, Eduardo Maiorino, o ‘Morfeu’ (tricampeão brasileiro), que enfrentará o campeão mato-grossense de jiu-jitsu, Rafael Feijão (equipe Minotauro Team). O representante do Estado, que fará sua estréia nesta modalidade, encontra-se no Rio de Janeiro treinando com os irmãos Nogueira (família Minotauro).





Fonte: 24 Horas News

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/322923/visualizar/