Repórter News - reporternews.com.br
Politica Brasil
Terça - 04 de Maio de 2004 às 10:35
Por: Luciana Giradelo

    Imprimir


O empresário Gilberto Goellner confirmou a desistência da candidatura a prefeito de Rondonópolis pelo PPS. Goellner alegou que, com a morte do superintendente de sua empresa, os negócios ficariam prejudicados no decorrer da campanha eleitoral. A cúpula do PPS busca no quadro um novo nome para substituir o empresário. Por enquanto, o mais cotado é do empresário rural Adilton Sachetti.

A desistência de Goellner foi anunciada pelo prefeito Percival Muniz durante entrega de casas no Loteamento Ana Carla, nesse fim de semana em Rondonópolis. Por telefone, o prefeito alegou ontem que o recuo do empresário não enfraquece o PPS na disputa. Conforme Muniz, a legenda tem outros bons nomes, principalmente o de Adilson Sachetti.

O momento, disse o prefeito, é de discussão interna e com os partidos que manifestaram interesse em compor com o PPS. A decisão de Goellner foi informada aos dirigentes nesse fim de semana, em reunião da cúpula socialista, da qual participou o governador Blairo Maggi. O empresário justificou que a morte do diretor de sua empresa, João Carlos Carvalho, abalou o projeto político.

“Sinto que se assumir, vou prejudicar a minha empresa. Ele era o homem que eu estava preparando para assumir os negócios”, justificou Gilberto Goellner. João Carlos morreu há 10 dias em decorrência de um enfarte. Desde então, o empresário passou a sinalizar a desistência.




Fonte: Diário de Cuiabá

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/384139/visualizar/