Repórter News - reporternews.com.br
Educação/Vestibular
Quinta - 04 de Março de 2004 às 16:41
Por: Soraia Ferreira

    Imprimir


A secretária de Educação, Ana Carla Muniz, fez na noite desta quarta-feira (03.03), a entrega dos prêmios aos professores que desenvolveram projetos de Inovações Pedagógicas e aos alunos que participaram do concurso Protagonismo Juvenil. Ao todo foram 12 professores e 30 projetos de alunos selecionados. A solenidade de premiação aconteceu no Sesc Arsenal em Cuiabá.

Na ocasião, a secretária de Educação reforçou uma das prioridades do governo, que é incentivar a docência em todas as áreas. "São os professores que fazem a educação acontecer na escola, e nós queremos motivá-los a permanecerem nas salas de aula".

Ana Carla acrescentou ainda que essa premiação ressalta a o empenho dos professores e dos alunos. "Esse é um incentivo e um reconhecimento àqueles que transcendem a sala de aula, doando horas livres do seu dia-a-dia para contribuir na qualidade da educação. Todos os professores e alunos que participaram dos projetos estão de parabéns".

Os projetos "Inovações Pedagógicas" e "Protagonismo Juvenil" são desenvolvidos pelaSecretaria de Estado de Educação (Seduc), em parceria com o MEC/BID através do Programa de Melhoria e Expansão do Ensino Médio (PROMED). Esses projetos têm como objetivo valorizar os professores que atuam no ensino médio e fomentar a criação e desenvolvimento de atividades individuais ou coletivas de jovens estudantes.

Os professores premiados receberam uma viagem para Rio Grande do Norte, onde vão participar do Seminário de Educação de Natal. "O objetivo é que esses professores façam um intercâmbio de experiências profissional e cultural", explica a superintendente de Ensino e Currículo, Zileide Lucinda dos Santos, que coordenou os projetos.

"Esse ato é muito importante para nós, mas principalmente para os alunos que vêem seu trabalho valorizado e se sentem motivados para continuar", relata a professora Nilze Maria Malagueti, da Escola Estadual São Francisco de Assis, localizada em Aripuanã (976 km da capital). Nilze foi premiada pelo projeto "Recursos Hídricos: Água", que também foi premiado na categoria Protagonismo Juvenil.

A professora de Biologia da Escola Nilza de Oliveira Pipino, de Sinop (503 km de Cuiabá), Elma Faria Carandina, que recebeu a passagem aérea das mãos da secretária Ana Carla, foi premiada pelo projeto "Valorizando a Vida", que tem como objetivo conscientizar alunos da prevenção de Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST) e a Aids. "Deixamos os alunos a vontade para esclarecer as dúvidas que as vezes eles não tem coragem de perguntar para os pais", conta a professora.

Os alunos do 3º ano do Ensino Médio, da Escola Estadual Major Otávio Pintaluga de Rondonópolis, Ronaldo Oliveira, 19 anos, Eduardo Rhulnoguti e Anderson Ferreira da Silva, ambos de 16 anos, representaram a turma do projeto juvenil "Salve o Rio Ararial". "Nós pretendemos mostrar o percurso do rio. Antes de entrar na cidade ele é limpo, mas já na área urbana, ele recebe detritos que o poluem. Nossa pretensão é conscientizar para não deixar o "Ararial" se tornar um rio Tietê", explica Eduardo Rhulnoguti, que recebeu da secretária uma máquina fotográfica digital para terminar o projeto.

Além de passagens aéreas distribuídas aos professores, a Seduc entregou computadores, aparelhos de som e máquinas fotográficas aos alunos do Protagonismo Juvenil. Os prêmios foram escolhidos pelos próprios estudantes.

Juntamente com a secretária Ana Carla, e a superintendente de Ensino e Currículo, compuseram a mesa o secretário adjunto de Educação Antônio Carlos Máximo; a presidente do Conselho Estadual de Educação, Alaídes Mendieta; a coordenadora do projeto Educom.Rádio, Patrícia Horta; a líder de equipe do Ensino Médio, Elisabeth dos Santos de Almeida e a assessora pedagógica do município de Cáceres, Anair Barbosa Cunha.




Fonte: Assessoria/Seduc

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/387412/visualizar/