Repórter News - reporternews.com.br
Turismo
Terça - 10 de Novembro de 2015 às 06:52
Por: RAYANE ALVES

    Imprimir


Os técnicos da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), em parceria com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e a Secretaria Municipal de Obras de Chapada dos Guimarães (65 km de Cuiabá), decidiram interditar o Mirante do Centro Geodésico na manhã desta segunda-feira (9).

Alexandre Batistella, coordenador de Unidades de Conservação da Sema, esteve no local na manhã de hoje e informou que a área corre risco de desabamento do solo, com até 15 metros de profundidade.

Reprodução

mirante / chapada dos guimarães

Por isso, a Sema decidiu notificar o proprietário da região para o fechamento do ponto turístico. A decisão foi tomada logo após o surgimento de erosões provocadas pela intensa chuva do final de semana.

No entanto, o dono das terras encontra-se fora do país e não foi localizado para fazer o fechamento do ponto turístico. Por isso, está sendo providenciada a notificação de fechamento da área via Diário Oficial.

Até os procedimentos serem devidamento finalizados, a Sema orienta que a população deixe de visitar o local porque, além de correr risco de vida, quem desobedecer aà ordem será sujeito a penalidades.

INTERDIÇÃO

O fechamento do Mirante ocorreu a partir de uma ação civil pública proposta pelo Ministério Público Estadual (MPE) em 2011, devido a vários registros de erosão. Por se tratar de uma área federal, a ação já foi remetida à Justiça Federal de Mato Grosso.

O Mirante encontra-se no interior da unidade de conservação estadual denominada 'Área de Proteção Ambiental Estadual Chapada dos Guimarães', criada pelo Decreto Estadual nº. 0537 de 21/11/95.

Nesta categoria de unidade de conservação é permitido o uso privado e comercial das propriedades inseridas, em consonância às restrições estabelecidas em seu ordenamento territorial aprovado pela Lei Estadual nº 9.449 de 19/10/10 e condicionadas ao licenciamento ambiental das atividades econômicas.

A área do Mirante também é reconhecida pelo Governo Federal como uma Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN), denominada Hotel Mirante, reconhecida pela Portaria Federal 25/04-N, com área de 25 hectares.





Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/418707/visualizar/