Repórter News - reporternews.com.br
Turismo
Sexta - 03 de Março de 2017 às 11:01
Por: Renata Menezes | Sedec-MT

    Imprimir


A Feira Internacional de Turismo do Pantanal – FIT 2017 – será realizada dos dias 20 a 23 de abril no Centro de Eventos do Pantanal, em Cuiabá. Com o tema “Turismo Sustentável”, a expectativa dos organizadores é receber cerca de 100 mil pessoas durante o evento, que é o principal do turismo mato-grossense, realizado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, em parceria com o Trade Turístico, representado pelo Sindicato das Empresas de Turismo de Mato Grosso (Sindtur).

O tema escolhido atende o direcionamento da Organização das Nações Unidas (ONU), que elegeu 2017 como o ano do turismo sustentável para o desenvolvimento. A FIT Pantanal contará com um investimento de R$ 2,5 milhões, sendo R$ 1,5 milhão do Governo do Estado e emendas parlamentares, e o restante por meio dos parceiros e patrocinadores do evento. A FIT contará com espaço para comercialização de produtos e pacotes turísticos apresentados por diversos municípios e operadores.

Nesta edição a parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) se repetirá, sendo assim, caberá ao órgão a gestão da área gastronômica do evento. O Senac deve promover atividades ligadas ao segmento, como aulas-shows e apresentações, além de fazer a curadoria do setor de gastronomia, garantindo que todos estejam afinados com o tema ‘Turismo Sustentável’.

Outra importante parceria é com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) que estará responsável pela gestão da ‘Aldeia do Conhecimento’ com palestras, workshops e rodadas de negócios abordando temáticas sobre sustentabilidade, nichos de mercado, tecnologia como diferencial competitivo, destinos turísticos e cidades inteligentes, turismo de aventura, de negócios, de base comunitária, movimento Slow Food, marketing digital, startups, entre outros.

Além disso, o Trade realizará no mesmo espaço o ‘Fórum Regional de Desenvolvimento do Turismo Sustentável: Pantanal, Amazônia e Cerrado’ trazendo especialistas e acadêmicos para discutir temas ligados aos três eixos definidos para os debates: mercado, inovação e sustentabilidade. A aproximação do conhecimento técnico aplicado ao mercado turístico.

Destaque do evento, e essencial ao mercado turístico, o artesanato do Mato Grosso terá um espaço para expor a cultura mato-grossense. O secretário adjunto de Turismo da Sedec, Luiz Carlos Nigro, pontuou que “a cultura é complementar ao turismo, por isso, temos que valorizar os nossos saberes e fazeres para gerar um diferencial no turismo no mercado”. Este ano, as apresentações culturais serão organizadas em parceria com a Prefeitura de Cuiabá.

Haverá também em 2017 um espaço reservado para a agricultura familiar, com exposição e comercialização de produtos fabricados no estado, bem como, a apresentação dos potenciais do segmento para fomentar o turismo sustentável gerando inclusão social e renda no intuito de associar mais segmentos econômicos ao mercado turístico.

A pesca esportiva também terá destaque no evento, com exposição de produtos e divulgação de informações. Mato Grosso é um dos destinos mais procurados do Brasil para a prática, de acordo com dados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). “Este é um dos segmentos turísticos que mais crescem no Brasil atualmente. Para se ter uma noção da força mato-grossense, dos 141 municípios mato-grossenses 45 proporcionam condições para a prática do turismo de pesca esportiva”, esclarece Nigro.





Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/423370/visualizar/