Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Cultura
Sexta - 16 de Fevereiro de 2018 às 10:09
Por: Folhamax

    Imprimir


Com unidades reestruturadas e novos cursos na grade de ensino extraclasse, as atividades do programa Siminina retornam na segunda-feira (19) em todas as 16 unidades da Capital. As atividades acontecem nos períodos matutino e vespertino, assistindo mais de 900 meninas, entre 7 a 14 anos.

Para este ano, o programa contará com cursos de informática e inglês. Dentro dessa proposta, esses cursos serão adequados por faixa etária de idade, facilitando o desenvolvimento de cada menina assistida pelo programa.

"Essa reformulação e extensão do programa é fruto de umv olhar atento e sensível da primeira-dama Márcia Pinheiro, que neste um ano à frente do programa, não mediu esforços para proporcionar o que há de melhor às meninas”, disse Dalma Beatriz Monteiro, coordenadora do programa.

Dalma explica que a reformulação das atividades também foi pensada em relação à família, “pois não adianta trabalhar a assistência com as meninas sem correlacionar com o contexto familiar e trazê-las para dentro do processo”, acrescenta.

Além de todo o processo de restruturação física e pedagógica, também foi elaborada, já sendo desenvolvida, a capacitação para todas as monitoras. A capacitação tem o objetivo prepará-las de acordo com o contexto de cada comunidade e ampliar seus conhecimentos, para que atendam de maneira mais completa as meninas. "Isso impacta direto no resultado que a primeira-dama nos solicitou, .de uma inclusão completa, sempre a dignificação para todos”, ressalta Dalma Beatriz.

Inscrições 2018

Com a meta de alcançar mais 600 meninas este ano, chegando ao número de 1500 assistidas, as inscrições do programa, que tiveram início em janeiro, continuam. As interessadas podem realizá-las na unidade mais próxima de sua comunidade.

Para efetivar a inscrição, o responsável pode comparecer à unidade de atendimento de sua região, munido de algum documento de identificação da criança ou adolescente, o comprovante de matrícula escolar e do Número de Identificação Social (NIS). Caso não possua o NIS, o responsável deve se dirigir a um Centro de Referência Social (Cras) mais próximo para efetuar o cadastro.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (65) 3637-3557 - Núcleo de Coordenação Siminina.





Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/427640/visualizar/