Repórter News - reporternews.com.br
Variedades
Segunda - 02 de Abril de 2018 às 16:51
Por: G1

    Imprimir


Capa da primeira edição de retorno da Playboy, de abril de 2016, com Luana Piovan
Capa da primeira edição de retorno da Playboy, de abril de 2016, com Luana Piovan

A revista "Playboy" deixará de ser vendida nas bancas no Brasil e terá apenas uma edição anual para colecionadores, segundo informou os atuais editores.

Em comunicado, a PBB Editora, que detém os direitos de publicação da revista há 2 anos, afirmou que o mercado de revistas impressas "atravessa uma crise sem precedentes" e necessita de uma "readequação ao mundo digital junto aos leitores e anunciantes".

Segundo a PBB, a edição de Verão, lançada no final de 2017, foi a última impressa no modelo antigo. "A PBB Editora Ltda informa que reduzirá a publicação da edição imprensa a um exemplar de colecionador por ano - que será on demand, ou seja, números limitados impressos por encomenda", destacou.

Relançada no mercado editorial brasileiro em abril de 2016, a Playboy começou como uma publicação mensal e logo na sua 3ª edição se transformou em uma publicação bimestral. Desde março de 2017, a tiragem passou a ser trimestral.

Lançada no Brasil há quase 43 anos, a revista Playboy deixou de circular em dezembro de 2015, após a Editora Abril decidir deixar de publicar a revista, e retornou através da PBB Entertainment – empresa criada pelo fotógrafo de moda André Sanseverino e os empresários Marcos de Abreu e Edson Oliveira.

Confira a íntegra da nota divulgada pelos atuais editores:

"A PBB Editora Ltda informa que reduzirá a publicação da edição imprensa a um exemplar de colecionador por ano - que será on demand, ou seja, números limitados impressos por encomenda.

Assim sendo, a edição de Verão, lançada no final de 2017, põe fim a era da revista na banca e abre espaço para empenharmos nosso trabalho em outras frentes.

A PLAYBOY é uma marca com várias décadas, mas também é uma marca dos tempos atuais. O mercado de revistas impressas atravessa uma crise sem precedentes ao redor do mundo e necessita de uma readequação ao mundo digital junto aos leitores e anunciantes", declara Marcos de Abreu, presidente da marca no Brasil."





Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/428237/visualizar/